OS "COMPANHEIROS"

“Tem muita gente que tem o direito de mentir, o direito de enganar. Eu não tenho. Há uma coisa que tenho como sagrada: é não perder o direito de olhar nos olhos de meus companheiros e de dormir com a consciência tranqüila de que a gente é capaz de cumprir cada palavra que a gente assume. E, quando não as cumprir, ter coragem de discutir por que não cumpriu”.
(Luiz Inácio Lula da Silva, novembro de 2000, em entrevista à revista Caros Amigos)


Muitos dizem que Lula vive em um mundo de ilusões e seu programa político no rádio e na TV demonstra isso. Porém, estamos vendo na perspectiva errada porque quem está se iludindo não é ele e sim os eleitores dele. Aliás, justamente o objetivo perseguido por sua excelência, o operário-no-poder.

Lula da Silva nunca foi autista ou iludido, ao contrário. Creio que cada passo, cada frase, cada bobagem retórica, juntos, constituem uma estratégia perversamente eficaz de reforço da imagem do pobre coitado operário que mal sabe juntar duas palavras e emitir algum discurso pertinente.

O “povão”, refém da bolsa-esmola caiu direitinho neste engodo, assim como uns artistas e alguns tantos “intelectuais”. Uns por necessidade, outros por miséria, ou seja, por serem miseráveis no pior sentido que você der à palavra.

Sempre releio a frase em epígrafe porque creio que ela é exemplar. E quanto mais a leio, mais descubro o quanto Lula é inteligente e sutil.

Veja que, para ele, sagrado “é não perder o direito de olhar nos olhos de meus companheiros”.

Como estamos cansados de ver, salvo alguns poucos, sacrificados (?) pelo bem de sua majestade, Lula olha amorosa e constantemente nos olhos de todos os seus companheiros (dele, não do povo brasileiro), sem problema nenhum porque os privilegia e os defende sempre, independente do que tenham feito.

Por isso, faz muito sentido que ele suba em palanques com loucos de outros países, escravos de Stálin, mensaleiros, sanguessugas e outros “bichus corruptus” que vêm assolando este e outros países latino-americanos. São todos “companheiros”. Para sua sapiência vermelha, são “sagrados”.

O profano e descartável é o conjunto dos cidadãos que vem sendo ofendidos cotidianamente por sua encenação indecente de operário-no-poder. Mas estes saberão responder de forma condizente em 1.º de outubro.

9 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Ele usa o martelar de bobagens se baseando na idéia do que uma mentira repetida mil vezes se torna uma verdade. E o jeito meio bronco é uma brilhante estratégia para iludir mesmo

Alexandre, The Great disse...

Saramar.
Eu sinto, a cada dia desde outubro de 2002, uma "porrada na cara" cada vez que ouço este tal que vc chama de "operário-no-poder".

Nunca tive ilusão quanto ao PT, não votei nelle e nunca acreditei sequer numa de suas promessas.

Lamento muito que tenhamos passado estes 4 anos de atraso, por conta dos "votos revoltados" de milhões de aposentados e da classe média, nós não merecíamos isso.

Existe remédio? Talvez. Mas a virulência da doença é muito grande e as metástases enraizaram-se de forma profunda no organismo social brasileiro, deteriorado por anos de submissão eleitoreira e da pior politicalha que possa ter existido durante cerca de 20 anos, após a abertura política. É tudo puro revanchismo, e o país que se exploda!

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Saramar:

Este discurso do Lula é complicado de analisar.
Ele sabe para quem fala e, como tal, usa a retórica adequada.

Será que, no meio de tantos milagres e na eventualidade de ser eleito, ele ainda vai descobrir algum "milagre económico" para o Brasil?

Um beijo,

tunico disse...

Saramar, a verdade de Lula é mais perversa do que você imagina.Não posso declarar claramente em meu blog mas participo ativamente de uma organização empresarial importante, séria,apolítica e empenhada na defesa dos micro, pequenos e médios empresários brasileiros e que procura um Brasil melhor para todos. Nesta entidade, procuramos através de palestras, workshops, debates chamar todas as tendências para sobretudo ouvir e tentar extrair e propor o que há de melhor para o país. Ontem ouvimos Genoíno.Como já ouvimos Lula no passado.Me deu a pior impressão na sua fala e nos seus argumentos.A impressão e certeza de que eles do PT REALMENTE crêem que são o melhor para nosso país.Não querem saber de ouvir e aceitar opiniões que não coincidam com as deles.São aquilo que eu chamo de "cabeça auto-feita". A verdade deles é a verdade deles. A verdade dos outros não importa.Para eles é mentira.Em suma, não são democráticos.Não querem consenso que é o objetivo da política democrática.Assim querida amiga, não é só Lula que é assim. São TODOS os petistas conscientes.A consciência petista não é a consciência do resto do Brasil.Bornhausen tem razão. São uma raça à parte.Fora deste país e deste planeta.

Stella disse...

Sara, se for confirmada a reeleição tenho que aceitar que ele realmente fala o que o povão QUER ouvir, eu não econtro outra explicação

Santa disse...

Sara, no meu entender a maior perversidade do PT no governo é reter orçamento da União para os Estados (exceto os do PT). Sem investimento em programas básicos desviam verbas para publicidade "de enganação". Típico de líderes fascinoras.

Bjs

Vera disse...

Saramar: para esse tipo de gente, só eles se importam com eles mesmos... E o Brasil que se dane! Mas nós estamos fazendo nossa parte, para que isso mude prá melhor... :-)bjs

Jorge Sobesta disse...

Saramar,

Eu cresci acreditando que o PT mudaria esse país para melhor. A Austrália só foi para o primeiro mundo depois que o partido dos trabalhadores de lá assumiu o poder.
No dia da posse de Lula, eu cheguei a me emocionar com o discurso.
Pobre iludido que sou. Lula só pensa nele e seus companheiros, quadrilha,corja,etc.
Seus discursos são muito bem elaborados por uma equipe e são focados para a classe miserável.
Agora, de dois horários eleitorais que tive estômago para assistir, pude notar o demônio egoísta que se esconde atrás do "Salvador da pátria" de outrora.
Meu mêdo é que há uma legião de pessoas que parecem estar em transe e o defendem. Tem um blog que pega a notícia,distorce de maneira a fazê-la parecer boa e a publica. Não aceitam comentários negativos e ainda fazem questão de deixar isso bem claro. Tá escrito lá : Gostaria de deixar claro que o livro de visitas é exclusivamente para receber mensagens em apoio ao Presidente Lula, portanto não serão tolerados comentários contrários ou que não estejam dentro da boa educação e respeito.
Isso dá Mêdo!
Parece coisa do khmer Vermelho misturado com Nazismo, não é?

Um abraço e que Deus tenha pena de nós nos próximos 4 anos.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.