IMPRENSA??? SIM, NA PAREDE


Meus queridos amigos, apesar de estar afastada dos blogs onde aprendo sempre e sem ler nada nos jornais, ando notando que a campanha petista para cercear a liberdade de imprensa caminha a todo vapor e, o que é mais grave, apoiada pela própria imprensa!

Um perigoso caso de autofagia, o que é muito pior que censura ou auto-censura. Os cordeiros deslumbrados pelo poder caminham para a guilhotina. E merecem tudo o que sofrerão com seus novos ídolos. São velharia (todos eles) e devem mesmo afundar no entreguismo e deixar a imprensa livre para alguns poucos que têm coragem e inteligência para se manifestar coerente e honestamente.

Porém, antes que sejam engolidos pelo Moloch vermelho, causarão enorme dano para a democracia que fingem defender. Em sua inconseqüente, porém não inocente vassalagem, fortalecem o jogo do lulo-petismo e contribuem para conduzir o país para o abismo. Com isso, os donos do poder, vão se firmando porque compraram todo o congresso (que não é mais nacional e sim, do executivo) e agora, com seu canto de sereia, arrastam os interesseiros, ou covardes, ou preguiçosos ou também vendidos "jornalistas".

Pobre país, triste país em que os habitantes se vendem na bacia das almas.

Imagem: Howard David Johnson

16 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Haja burrice e grana.. se bem que nos vendemmos pro quaquer miséria... nada que US$ 10 milhões não me resolvam...

Suzy Tude disse...

Saramar querida, esta corja inteira está trabalhando para desconstruir o Brasil com nação, pressuposto básico para o surgimento da "pátria grande" comunista. Bando de covardes!
Mas acho que essa é uma das razões porque temos de continuar.
Beijo

Angelo da C.I.A. disse...

Acho que o nome correto para os da imprensa que estão apoiando e incentivando a violência contra a imprensa não é autofagia: Eu diria que é canibalismo mesmo. Eles querem, junto com o governo, ENGOLIR a mídia independente e contra o lulismo. Eles querem calar todas as dissidências. Como a oposição é fraquinha, a última fronteira para vencerem a guerra é calar a mídia independente

Stella disse...

estamos realmente sem rumo, nunca imaginei ver parte da mídia ser tão omissa como nesses ultimos 4 anos.
mas pior que isso é ver que a sociedade também é omissa.
temo pelos anos que virão.

Blogue da Magui disse...

Só com a hipótese de cortar verbas públicas para propaganda e salameques os jornais vergaram as colunas ( nos dois sentidos).Como são paus mandados a serviço dos interesses de ocasião, quero que se danem.

Jorge Sobesta disse...

Saramar,

Acho que não vou viver para ver o estrago consertado.

Quer dizer que você também é fumante? Temos que tomar vergonha na cara e parar.

A propósito, aqui em casa a última palavra é minha. É sempre "Sim me bem." hehe.

Um abraço da Gracinha da mamãe.

spersivo disse...

Saramar,
Eu não temo nada quando vejo belas pessoas como vocês com uma garra que falta em boa parte da juventude tão "vendida" quanto a imprensa e boa parte de nossa intelectualidade. O Brasil é a maior que as pragas sejam formigas, vermes ou corruptos. Bjao. S.

DO disse...

To com medo,viu SARAMAR. Muito medo destes lobos em pele de cordeiro.
beijão!!

Lino Resende disse...

Saramar:
Um dos bens mais preciosos que temos, principalmente em um regime democrático, é a liberdade de imprensa. Por ela, vale a pena lutar.
O Governo lulo-petista, feito pela imprensa, agora voltou-se contra ela. É a criatura voltando-se contra o criador. E exercitando, mais uma vez, o velho princípio stalinista.

Kafé Roceiro disse...

Impressionante como nada muda, né minha amiga. Saudades mil.

Camarada Arcanjo disse...

Saramar,

Adorei do texto. Você falou a verdade e tocou num ponto especial. Para amealhar vantagens agora, se vendem sem ponderar ás conseqüências dos atos de hoje, que virão no futuro de modo irreversível, como uma tsunami de autoritarismo.

Pode procurar que você não encontra nenhum político brasileiro, que explicitem sobre as conseqüências futuras.

Camarada Arcanjo disse...

Este argumento de achar que não existe esquerda ou direita. Ou afirmar que isto é coisa do passado, é uma forma de facilitar a consolidação das ações da esquerda no poder e da consolidação da esquerda no aparelhamento do governo e nas instituições públicas.

Nas aulas de catecismo, me lembro, ainda crianaça, eu aorendí com o padre que o demônio existe, e afirmar que ele não existe é uma forma de fortalece-lo.

Assim age a esquerda brasileira.

Jacaré Doido disse...

Esse é o legado de Lula! O governo da compra das pessoas. Pobre país...

Aluizio Amorim disse...

Salve, Saramar:

temos que resistir. Tenho insistido no meu blog a respeito dos ataques à liberdade de imprensa perpetrados por Lula e seus sequazes.
Obrigado pelas suas visitas e seus comentários sempre pertinentes.
Cordial abraço do

Aluízio Amorim
http://oquepensaaluizio.zip.net

tunico disse...

Querida Saramar: O certo seria escrevermos um post por semana mas a gente não aguenta né? Vamos em frente! Vamos desconstruir este mito de pés de barro!

Santa disse...

Sara


Quero entender. Vc está afastada dos blogs e não lê jornais?? Como é isso??? Saudades muitas...Bjs