MERCONADA



“Nunca existiu um clima político tão favorável à integração”
Lulla, o não-sei-de-nada oficial do Mercosul.


Ao final da reunião do Mercosul, o resultado foi nada e provou que discursos estapafúrdios e populistas não levam à frente nenhum projeto, ao contrário.

Os dentes imensos do louco da Venezuela são apressados e assustam suas futuras vítimas. Assim, Chávez não conseguiu (ainda) morder nenhuma jugular sul americana. Sua tentativa de comprar a América latina com o tal banco não foi vista com bons olhos pelos líderes.

Observando os discursos, tão diversos em suas demandas e conclusões, a impressão que se tem é que o Mercosul não passa de uma miragem saída da mente de algum desmiolado comum por essas bandas.

A cada reunião, os países integrantes parecem se afastar mais. Na verdade, os pontos comuns que poderiam sedimentar a integração só são tratados durante a reunião e depois guardados na gaveta da realidade. Na volta para casa, é cada um por si. Morález e suas invasões da propriedade alheia são bom exemplo de que na vida prática de cada país, o Mercosul ocupa os últimos lugares.

Ademais, a ascensão da esquerda aprofundou as divergências porque os governantes mais sensatos procuram fortalecer os mercados enquanto os santos socialistas querem dividir a miséria e espalhar suas sandices pelo continente inteiro. Assim, não há Mercosul que resista.

7 comentários:

Anônimo disse...

CARTA ABERTA AOS UNIVERSITÁRIOS DO BRASIL

UNIVERSITÁRIOS BUNDAS-MOLES!

Em todas Universidades do mundo, nas salas de aulas, existem pelo menos 20% de líderes, enquanto em nossas existem 0%, onde “alguns” poucos comandam, tipo Pró-Une e tais, vocês são fracos de espírito universitário.

Todos os que amam e respeitam este país, sabem que vocês não passam de uns cadáveres errantes.
É natural que universitários possuem a força e são os primeiros a se manifestarem contra este desgoverno que está destruindo nossas instituições, a moral, a ética e o caráter, estão longe das caras-pintadas de outrora!

Seus líderes foram comprados por 5 gramas de prata do inferno, enquanto se ajoelham e dizem “amém meus líderes” é revoltante e carregarão a mácula satânica deste período negro e histórico do Brasil.

Vocês não têm sonhos?
Vocês não têm coragem?
Vocês não querem nada com nada, nem com a Pátria, apenas querem e visam seus interesses que causam forte odor de suas putrefatas ambições ideológicas e que num futuro próximo, conhecerão apenas as fronteiras dos necrotérios de mercado, como das Universidades que um dia sairão, não como profissionais, mas como necrófagos sem lideranças natas e próprias.

Vocês vivem e respiram, ideologias do século passado que levaram nações inteiras a degola de seres humanos, junto com toda a esperança, mas graças a homens e mulheres fortes, a esperança retornou, com muita dedicação, luta e aos valores que suas Pátrias lhes proporcionou pelo sangue derramado de seu ventre.

Não possuem mais adrenalina, como sabem quando ela sobe, os jovens em todo planeta, vão as ruas, viram automóveis, atiram pedras, molotov´s, gritam defronte as paredes que cercam o governo e políticos, corruptos, repulsivos que se abastecem com o dinheiro público.
Esta adrenalina mudou em seus corpos, hormônios afeminados e o esperma que lhes deu a luz, em líquidos que saem dos esgotos.

Não lutam como deveriam, por esta terra onde nasceram seus familiares e amigos, por um futuro melhor nem para os próprios e nem por ninguém.....Nada! São mortos-vivos que se iludem estudando dentro de cemitérios de covas a céu aberto, esperando que caiam dentro e que a terra os engula.

Para vocês, nesta terra é como um imenso campo de futebol, com muita cerveja, drogas e carnaval, não existem esportes, não existem adversários, não disputam nem a liberdade do seu deus, desgoverno, nada de bons espetáculos, são espectros no campo e em seus miolos.

A vida de vocês é de bundas-moles, seus pontos de vistas, são janelinhas estreitas e nelas apreciam a “paisagem” destruidora dos políticos da Pátria, sem causam nenhum sentimento de revolta. Não pensam em seu desenvolvimento sólido para a nação, bem como para os próprios e empunhar a bandeira da esperança e dignidade.

Serão futuros empregados dos Sem Terras? Serão seus engenheiros agrônomos, veterinários, etc em seus campos de invasão? Saibam que o crescimento do Brasil está no nível do Haiti, então como podem pensar em se formar e ter um trabalho? Se milhões estão neste exato momento sem emprego, imaginem quando se formarem? É assombroso no mundo cibernético medieval em que vivemos, com a robótica importada, ficarão com menos espaçs para suas carreiras, ou vão formar sindicatos e pedir ao Estado que os sustentem?.........Como podem ficar calados sem reação nenhuma?...Barbaridade!

Não querem nada com nada e me leva a crer vão fugir da preocupação de procurar trabalho no mercado, é melhor sucumbir agora e para sempre.
Bundas-Moles, as pessoas de bem, olham para vocês como jovens humanos “estragados”. Imaginam que se apóiam em ideologias de corretas, puro engano, nem conhecem o seu próprio inimigo do futuro....AH! Apodreçam nela, enfiem seus cérebros na anarquia, seus vadios bundas-moles! Quanta desgraça!.

Zôo-humanóides tenho pena de suas “cabeças”, até quando vão permanecer com elas em cima de seus corpos adormecidos, numa sociedade que não persegue sonhos impossíveis, destrói os conhecimentos do desenvolvimento e do progresso, não perseguem seus objetivos e instintos, estão no vácuo da eternidade.

Até quando ficarão indiferentes com a nação brasileira?
Até quando vão se apoiar nas bases da ignorância, da covardia com os destinos da Pátria?
Nunca me envergonhei tanto de vocês neste solo como agora, envergonha nosso país internacionalmente. Como serão suas invenções em explicar o inexplicável e que serão de farsantes, malandros e o raio que os parta.
NÃO CUSPEM NESTE SOLO SEUS BUNDAS-MOLES!

Abraços
Paulo G.
illeniko@ajato.com.br

PS-Livre para fixarem em todas Universidades do Brasil.

Stella disse...

esse é o novo mercado latino americano: é o mercochavez, que com o dinheiro do petróleo ele vai comprando poder

cilene disse...

Parece que AL nao tem jeito..mas a uniao poderia ser muito boa se aqui nao tivessemos loucos no comando dos paises

PELADUZ disse...

Não dá mais para digerir.

Como não bastasse os malucos de dentro, cada vez aumentando mais, agora os de fora.

Eita lugarzinho complicado.

Fábio Max disse...

O Mercosul é uma união aduaneira que não se desenvolveu quando havia condições, agora, dificilmente sai do papel.

Esse conceito de super blocos econômicos está em baixa, hoje, os tratados bilaterais é que estão funcionando, porque restritos aos interesses específicos dos países.

Até o NAFTA já está de lado, com os EUA fazendo acordos de livre comércio (Chile, já tradicional e o Uruguai, do "esquerdista" Tabará Vasquez, que bate firme em quem não o aceita).

Apesar da falta de cérebros nesse governo Lula, Deus ajudou e, parece, o bom senso têm prevalecido ao invés do Brasil correr atrás das idéias cretinas de Chaves: O Brasil rejeitou a TeleSur, fez cara feira pro BancoSur e pôs a maioria dos projetos com a Venezuela em banho-maria.

Mesmo a Argentina, tão sedenta em ferrar com o Brasil para salvar sua economia claudicante (o crescimento economico de lá ocorre porque ela sofreu uma retração violenta, é apena recuperação do muito perdido) não aceitou a entrada da Bolívia apenas para agradar o comandante Chaves, única bobagem do Brasil nessa reunião, que pareceu dar uma forcinha pro boquirroto venezuelano, mas conta-se que o Brasil têm buscado ajudar a Bolívia justamente para tolher influência do coronelito.

DO disse...

A declaração mais sensata foi da presidente do Chile,Saramar.
E olha que ela só disse o óbvio.
Beijos!

ROÇA COISA É OUTRA LIMPA disse...

Caramba!Que desabafo ,esse anônimo Paulo G!e O Lula ira estender de 150mil para 500 mil bolsas vagas prouni...Vai aumentar os "bundas-moles"