CUIDE DOS SEUS FILHOS

Não, eles não vão reduzir a maioridade penal, nem rever o regime de progressão das penas. Eles não irão manter os criminosos presos.

Se a visão de uma criança arrastada pelas ruas até a morte, diante de todos, não teve nenhum efeito sobre essas almas torpes, nada mais pode movê-los. Diante disso, comprova-se sua voluntária cegueira, seu desdém imensurável, seu escárnio diante dos medos e da revolta dos cidadãos.

Eles são movidos por outros desejos. São os monstros do poder e, como aqueles andróides pré-programados de filmes, só enxergam o poder, mesmo que à sua volta, tudo se destrua.

Eles nada farão para punir os jovens criminosos, por isso, usam o mais novo refrão governamental, “não podemos agir no calor da emoção”.

Eles não irão fazer nada para proteger a população contra a horda que assalta, rouba e mata, simplesmente porque esta é sua aliada e está sendo alimentada, racional, física e emocionalmente pela “proteção” dos poderosos de plantão.

Mas tudo tem um preço e exige pagamento.

Até eu, em minha curta e limitada visão política, já percebi que os poderosos vermelhos, além da doutrinação persistente nas escolas (para quem a freqüenta, claro) estão cultivando a juventude miserável com as migalhas do bolsa-esmola e a juventude criminosa com a conivência diante dos seus crimes.

É uma estratégia perfeita de cooptação, e não constitui novidade nenhuma. Já foi usada por Mao, durante a infeliz revolução cultural; já foi bem explicada em “1984”. Os jovens, criminosos ou não, estarão todos do lado dos vermelhos. A maioria já está porque a doutrinação nas escolas é agressiva. Creio até que vale usar aquele slogan, modificado: adote seu filho, antes que um esquerdista o faça. É urgente.

P. S. Leia o excelente artigo: "Rápidas informações do cotidiano brasileiro", aqui.

12 comentários:

Alexandre, The Great disse...

Saramar, minha querida, vc está "no ponto".
"No ponto" de explodir e revolucionar a sociedade em busca da sua transformação.
Sei exatamente o que sente, pois nossa empatia é muito grande.
Beijos,

Fábio Max disse...

Saramar,

Sou da opinião que, para diminuir a violência substancialmente, bastam 3 medidas:

1. Cumpra-se a Lei;
2. Preso o criminoso, julgue-o rápido e determine a pena;
3. Cumpra-se a pena sem benefícios ou interpretações dúbias.

Se isso fosse feito, não teria necessidade de alterar legislação nenhuma. O que aumenta a violência é a IMPUNIDADE generalizada, a sensação de que a Lei não atinge ninguém e, quando atinge, é abrandada no curso do apenamento.

ROÇA COISA É OUTRA LIMPA disse...

Os que fazem as leis , quem são?São pais de futuros ladrões, assassinos , estrupadores..e sabem disso, conhecem o que ensinam aos filhos.Então , endurecendo a lei, um decendente deles pode cair na armadilha...é por aí.

junior disse...

Saramar, você percebeu a quantidade de ideólogos intelectualóides que foram nas tvs e radios falar contra a redução? Percebeu qual é o principal argumento contra? Eles dizem que o jovem está violento por "culpa" dos governos que não atendeu as necessidades básicas de educação blá, blá, blá.... pode?
Enquanto isso os marginais ficam soltos, porque tem muuuuita gente burra nesse país.
Tenho funcionários jovens que moram em favelas, quando eu falo pra eles que não vai reduzir a maioridade penal eles acham um absurdo, são totalmente à favor da redução, é mole?
Um beijo

Ricardo Rayol disse...

O pior foi ver o Lula dizer que a violencia se arrasta por décadas. Tipo lavou as mãos e que se dane. Ele não quer a redução da maioridade para preservar seus netos.

bambam disse...

confesso por meio do seu blog,nós
visitantes sentimos honrados de aprender e apreender as verdades de política que você nos ensina, você não tem, de forma alguma, é uma curta e limitada visão política, mas, uma culta e não imitada compreenção de dizer com precisão aquilo que deve ser dito.GRANDE BEIJO.

CAntonio disse...

Saramar,

É verdade que todos os "vermelhos" são perigosíssimos. A perfeição veio, no entanto, com o petê: ideologia+assalto aos cofres (descaradamente). Portanto dá para modificar o slogan:

"Adote seu filho, antes que um petista o faça; a vítima certamente será você".



Bjusmil

Glênio Gangorra disse...

Não entendemos, como ativistas militantes, qual a razão do slogan. Uma famila esquerdista é culta, tem o necessário para sua subsistencia, educa-se com qualidade e ainda por cima tem exemplar participação na vida publica brasileira. O movimento bolivariano irá definir as regras de adoção. Viva Fidel.

DO disse...

E vc ainda esqueceu do que o MST faz nos acampamentos com sua "escola" unica e exclusiva,SARAMAR.
Anote ai,ainda vamos nos arrepender amargamente de não termos "acordado" à tempo.
Beijos!!

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Saramar:

Comprendo essa revolta... é legitimo que as consciências se revoltem quando vêem o descalabro perante os seus olhos e que nada, ou muito pouco, é feito.
Este é o raciocínio que faço perante uma realidade que, francamente, desconheço.

Uma coisa é certa, tudo seria mais fácil se fosse dado ao povo outro tipo de possibilidades nomeadamente mais educação e cultura.

Se á criança, em vez de uma bola de trapos e a rua lhe fosse dado um livro e
um local onde estudar.


... e este é um problema de toda a sociedade... no Brasil ou em qualquer outra parte do mundo.

Enquanto o Brasil não apostar na educação de forma séria e persistente... continuará o mesmo fadário... com tendência para piorar.

Desejos de um óptimo fim de semana.
Um beijo,

Anônimo disse...

Reinaldo Azevedo, bem define essa escória que nos assola:

A característica mais saliente de um petralha é sua estupidez agressiva, é sua ignorância propositiva.

Eu os defino como tão criminosos quanto os monstros que assassinaram o pequeno João Hélio.

PELADUZ disse...

Quem é Lulla?

Senão o reflexo de nossa socidade.

Uma virose, quiçá escapemos incólumes.