APAGÃO DA RESPONSABILIDADE

Confesso que ando confusa demais com os acontecimentos relacionados ao apagão.

Ontem, estive conversando com David, pedindo uma luz para meu pobre cérebro que, além de pequeno, anda totalmente perturbado. Lula da Silva conseguiu acabar com o mínimo de lucidez que adquiri com muita luta.

Agora, ele, o líder, diz que está "refletindo sobre suas responsabilidades como comandante-em-chefe das Forças Armadas", conforme li na página da Reuters. Ele está refletindo? Meu Deus do céu! O homem que governa o país há cinco anos ainda está refletindo sobre seu papel, suas responsabilidades.

Mas ele não engana ninguém com essa retórica paupérrima. Os brasileiros já estão escolados na dissimulação. Para mim, a infeliz frase serve apenas para (mais uma vez) tentar (pra ver se cola) passar uma imagem de alguém que não sabe de nada e, por isso "está refletindo". É uma tentativa atravessada de justificar as bobagens todas que vem sendo perpetradas pelo líder, a partir da "sexta-feira negra".

A mentalidade (ou os conselheiros) sindical de Lula da Silva falou mais alto no episódio da greve dos controladores de vôo que, segundo leio aqui e ali, tem a mão rica, gorda e desocupada da CUT. Imediatamente, o líder, magnânimo, tudo concedeu em nome da "sociedade".

Porém, no mundo real, as coisas não funcionam como querem os lulo-petistas. Há leis, há regras e, neste caso, em particular, há a hieraquia militar, algo inamovível em qualquer arma de qualquer país sério, que, aliás, garante a própria soberania das nações neste mundo.

Ou será que o comandante-em-chefe imagina que irá defender o país com turma da CUT ou com a militância petista? Imagino Chico Buarque e Chauí na trincheira contra alguma invasão imperialista, comandados por Sader. Tudo em Paris, claro.

Por falar em imperialistas, como é bom passear em Camp David! De lá, daquela verdadeira cidadela do que há de poder no mundo, tudo se pode ordenar.

O duro é ter que voltar ao Brasil, esta terra de ninguém, onde a realidade insiste em se impôr e obriga o próprio líder a dizer que não disse o que disse. Que obriga o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (ufa!) a malabarismos para dizer que a punição que Lula disse que não haveria, vai haver sim porque o Ministério Público Militar (cumprindo a lei) vai abrir inquérito contra os grevistas.

Acordo com grevista? Que acordo? Na reunião do Conselho Político, hoje, Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o acordo fechado com os controladores de vôo "não existe mais".

Minha avó sempre dizia que "quem não ouve conselho, ouve coitado. Eu já falei mais de mil vezes que não se pode confiar em palavra de petista. Seja ele o militante que vem defender o "bom senso" do presidente aqui nos comentários do blog, seja o próprio líder de todos os líderes. Ninguém acredita em mim, dá nisso. Porém, voltando ao início, tudo porque o presidente já começou a refletir.

Eu preciso de ajuda. Alguém pode explicar o que está acontecendo?

Ah! já ia esquecendo. A conta de tudo isso será cara, muito cara. Adivinhe quem vai pagar.

UP DATE: Muitas das minhas dúvidas foram respondidas pelo Noblat. Veja aqui.

14 comentários:

david disse...

Saramar,

Você tem que ser menos agressiva e dar um tempo. O Lula-lá não sabe nem quem foi o presidente do mandato anterior ainda.

PELADUZ disse...

Por favor,

Bater no chico não, esse FDP é meu.
E pensar em tudo que esse aloprado compôs.
Melhor teria sido ficar calado.
Esse cara ainda vai ser bucha de canhão.
Lá para as bandas de Cuba, estaria de bom tamanho.
Bye, bye, Chico.

Santa disse...

Sara,

Impossível cobrar coerência desse governo. Se é que se pode chamar isso de governo. Está mais pra comédia permeada de tragédias.

Bjs

Santa disse...

Aproveito para desejar um belo domingo de Páscoa!
Bjs

tunico disse...

Saramar,
O Lula se meteu numa sinuca de bico. Ficou com medo de um levante? Pode ser.Covarde,sabemos que ele é.
A menos que tudo isto faça parte de uma armação maior para desmoralizar de vez as Forças Armadas. Mas aí é uma teoria conspiratória fantástica digna de Maquiavel.A atuação do Waldir Pires nos episódios é que me intriga.Ele pode ser incompetente mas é raposa velha.Não entendi porque ele não foi demitido até agora.Sabendo do nivel de alopração desta turma, pode acontecer de tudo.
Vamos acompanhar o caso mais um tempo.A nós da arquibancada só nos resta isto.

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Saramar, minha querida amiga:

É caso para dizer:

- Meu querido Brasil, que mais te irá acontecer!!!

Um boa semana.
Um beijo,

CAntonio disse...

Saramar,


Supimpa: o Chico e a Chauí na trincheira... em Paris.

Creio que o assunto com as FA não está encerrado, ou então estamos vivendo na República dos Bundões.

SDS.

Moita disse...

Sarita

Tens toda razão. Não dá pra se acreditar em petista.

Paulo Bernardo anistiou os controladores por escrito e depois negou verbalmente. É demais !!

Esse é um caso "nunca visto nestepaiz"

mil cheiros

Ricardo Rayol disse...

Querida, ele é muito corente, não sabe de nada, não faz nada, viaja e volta com nada e o que ele escreve não vale nada.

david santos disse...

Olá!
Que esta semana seja para ti igual à de toda a humanidade: feliz

Patrick Gleber disse...

Coerência. Essa é a palavra que falta no dicionário do governo.

Forte abraço

Patrick Gleber
www.blogdopatrick.br21.com

Alexandre, The Great disse...

Saramar.

O pior é que, mais uma vez, o "comandante-em-chefe das forças desarmadas" diz que foi "esfaqueado pelas costas".

Fora a fanfarronice, resta uma dúvida: após tantas "facadas" o "ômi" ainda não "morreu"?

Lê disse...

heheh todo mundo precisa de luz... Acenda uma lanterna que lá vem apagão... etâ LULA... país engmático... não se esqueça da blogagem coletiva

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Saramar:

Desejos de uma boa Páscoa cheia de saúde e boa disposição.
Um abraço,