VÔO JJ 3054 - UMA CENA


BLOGAGEM COLETIVA

"Eu vos digo: foi vossa extrema negligência que causou vossas desgraças."
(Demóstenes, Discurso contra Felipe da Macedônia)


Um exercício comum entre aqueles que não se renderam ao lulo-petismo é imaginar como reagiriam os petistas diante de tantas tragédias que o país tem visto desde que, pela primmeira vez na história desse país, um "operário" assumiu o poder. Eu faço aqui o meu exercício.

Diante de um mensalão, por exemplo, os lulo-petistas e seus vassalos teriam inviabilizado qualquer veleidade de pacto de silêncio e impunidade, como vimos acontecer. O congresso seria esvaziado e o presidente da república renunciaria diante da grita furibunda dos vermelhos (que, aliás, têm todo o tempo do mundo para ir às ruas, uma vez que nós pagamos para que eles façam unicamente isso).

Diante do caos aéreo que já matou e pode matar ainda mais pelo que se observa da falação sem fim, sem norte e sem resultado (idiossincrasia da época), não sobraria pedra sobre pedra no governo, em especial, no executivo.

Os defensores de Lula e do petismo passaram muitos anos nas ruas, protestando contra qualquer governo, "fazendo oposição". Eu me pergunto que tipo de oposição fizeram? Quais foram objetivos?

Depois da ascenção de Lula da Silva à presidência da república, ficou claro que as manifestações de rua quase diárias, promovidas pelo lulo-petismo e seus simpatizantes, visavam tudo, menos o aperfeiçoamento da democracia (esquerdistas não acreditam em democracia). O que visavam, acima de tudo, era criar uma imagem de salvadores da pátria, de anjos guardiões da honra e da ética na política para iludir os incautos. E conseguiram.

As máscaras, porém, começaram a cair antes mesmo da posse. Hoje, não há mais máscaras e a prova disso foi a clara ameaça de Lula contida nestas palavras:

"Se quiserem brincar com a democracia, ninguém sabe nesse País colocar mais gente na rua do que eu".

Para manter o seu poder, Lula da Silva ameaça o país, confessando, sem querer (?) sua experiência e a de seus acólitos em "brincar com a democracia".

Chegamos a este ponto. Aquele que ocupa o cargo de presidente da república, ameaça com a ANARQUIA, o país que não pode governar por haver entregado a tarefa de administrá-lo a milhares de companheiros incompetentes e interessados apenas em suas míseras sinecuras, pelas quais lutam como hienas lutam pelos restos dos leões. Quem brinca com a democracia senão eles?

Creio que a ameaça de Lula da Silva tem origem no medo. Pela primeira vez, o ínfimo timoneiro tremeu. Tremeu diante do peso de sua inconsequência, peso maior que o airbus que esta inconsequência deixou ser transformado em cinzas. Cinzas vermelhas.

Para o ser humano, a morte é sempre a mais cruel das cenas, venha como vier, justamente porque nela, não há mais SER HUMANO. Mas a morte, o inverso do SER, é ainda mais cruel quando se sabe que ela não deveria ter sido, que ela poderia não ter sido se uns poucos indivíduos tivessem feito o seu trabalho, o trabalho para o qual foram eleitos.

Para mim, para além da dor e da revolta que não me deixam, a cena que fica deste vôo é a face de Lula da Silva marcada pelo MEDO surgido das chamas daquele avião. O medo do que ele fez e daquilo que deixou de fazer, o medo cujas consequências estão tornando menores os já miseráveis "representantes" deste pobre povo brasileiro.

18 comentários:

shirlei horta disse...

BRAVO!!!!

Fábio Max Marschner Mayer disse...

Os esquerdistas são covardes ao não aceitar o fato de que, eleitos como salvadores da pátria, imagem que eles mesmos criaram para si, nada mais são que um bando de imorais sedentos de poder e arbitrariedade invejosa contra quem não concorda com eles.

Se diziam salvadores da pátria, foram descobertos agora como administradores da desgraça.

ROÇA COISA É OUTRA LIMPA disse...

Eu ainda acho que ele está mais assustado com as vaias do que com o acidente.O acidente vai manchar muito pouco seu "honrado" nome.

alexandre, the great disse...

Perfeito, Saramar. Um diagnóstico consciente das reações enfrentadas pelo "ínfimo timoneiro" diante de sua incompetência administrativa e inépcia gerencial.
As ameaças são bravatas, diante da onda que se forma a sua frente e ameaça esmagá-lo, mas se fossem verdadeiras seria melhor; pelo menos eu prefiro enfrentá-los no campo aberto, vendo seus rostos despidos da máscara angelical e podendo esmagá-los, como vermes que são.
Começaremos dia 04 e só terminaremos quando extirparmos este tumor do poder.


Alexandre, The Great

Pata Irada disse...

Saramar

Incrível. Conseguiste dizer tudo o que a maioria deve estar sentindo nesse momento.
Concordo com tudo, só não acho que ele sinta qualquer coisa.
Isso seria uma espécie de remorso, mas ele não tem remorso, porque ele não erra.
Talvez tenha medo que tudo o que aconteceu possa sujar a sua imagem e que não dê para apagar.

Na sua extrema vaidade e na incapacidade de aceitar críticas, deve estar com medo apenas das próximas vaias, que certamente virão.

Pata Irada disse...

Aliás,
Lula não demonstra medo, mas sim raiva das críticas que ele denomina de desestabilização dessa pseudo-democracia que ele inventou.

Ricardo Rayol disse...

Minha querida Saramar, você sempre com sua análise perfeita da situação.

LULA, DESCOMPAREÇA!!! disse...

http://www.youtube.com/watch?v=zKWE4o5Htdk&eurl=http%3A%2F%2Fveja%2Eabril%2Ecom%2Ebr%2Fblogs%2Freinaldo%2F


texto de Reinaldo Azevedo


Acima, está o vídeo com os brasileiros que foram às ruas exigir respeito. Muitos carregam as imagens de seus mortos, para escândalo da Velha Senhora, e da parcela do jornalismo que exige da “burguesia” velórios silenciosos. A música, como já observou Diogo Mainardi, é a indizível marcha de Geraldo Vandré. Mas vá lá. Talvez não seja má idéia os inconformados se apropriarem de um hino da esquerdopatia para representar, desta feita, os neo-oprimidos do Brasil. Não deixa de ser uma ironia macabra da história. No sábado, tem mais vaia.


Fora, Lula' em nove capitais no sábado

Uma grande manifestação programada para o dia 4 (foto) pretende dar a partida para a "mobilização nacional" contra Lula em nove capitais brasileiras, às 14h. Convoca a população a vestir roupas negras, nariz de palhaço, caras pintadas e... garganta para vaia. Exige a "moralidade da Nação contra "mais uma indigesta pizza". Três protestos do "Fora, Lula" serão em aeroportos: em Porto Alegre (RS), em Natal (RN) e na capital federal, Brasília.

Suzy disse...

Saramar, o chefe da quadrilha, presidente da nação ameaça um país inteiro. Se tem uma coisa que me tira do sério é ameaça, desprezo pela dor, deboche.
Seu exercício de raciocínio está perfeito!
Beijos

Cejunior disse...

Saramar, perfeito! Só discordo quando você chamou o lula de timoneiro. Sinceramente, você acredita que ele saiba o que é isso ?
Estamos num momento muito triste da história deste país, vendo tudo se nivelar por muito baixo, a mediocridade tomando conta de tudo e todos.
Bem ao gosto do nosso presidente...
Só nos resta agora tentar recuperar um pouco de nossa dignidade perdida nessa canalhice que virou este país!
E torcer que esse pesadelo um dia vá embora!

Stella disse...

não deixemos o governo jogar sua sujeira para debaixo do tapete

DO disse...

Estupenda sua abordagem,SARAMAR. Assino embaixo que as reações da quadrilha petista seriam mesmo estas que vc muito bem colocou.
Parabens!!


Beijo grande!

Ronald disse...

Vou repetir aquilo que já disse na minha morada minha amiga. O que eu gostaria mesmo era estar elogiando suas atitudes mas o dito "nobre" não me dá um motivozinho apenas. Vai querer o que então? Só me resta me unir ao coro dos inconformados. Como sempre suas colocações são do mais alto nível, aliás, coisa que lhe é muito peculiar.

Marcos disse...

Pena que à custa de muitas vidas, mas creio que o inevitável se deu: Lula ascendeu à presidência. Minha esperança é que isso tenha ocorrido no momento exato: economia equilibrada dentro e fora do país, assim corríamos menos riscos de uma bancarrota anunciada. Passados esses 8 anos (se eles se completarem, mas parece que se completarão já que não existe oposição), creio que não mais se reelejerão. Aconteceu o que aconteceria cedo ou tarde, agora confio na perspectiva de 40 anos sem a presença dessa corja de volta ao poder.

Cadinho RoCo disse...

O impeachment ao Governo Lula faz-se necessário. Esta palavra não pode ser evitada e nem esquecida, para que não seja abafada pelo que já citam como golpismo. O Brasil precisa de mostrar sua dignidade agora já e sem poupar a necessidade deste processo, que é o do impeachment.
Cadinho RoCo

Flávio disse...

Belo post, Saramar! Com o nosso silêncio, temos realmente os políticos que merecemos! :(

Chawca disse...

Parabéns pela excelante análise da situação...
É fácil criticar, mas colocar o seu na reta requer responsabilidade...
Característica tão em falta entre os vermelhinhos...

UM beijo

Anônimo disse...

olha sem querer ofender mais vcs são meio lela pelo lula,olha é a primera vez que eu entro ne site e a ultima a va cata coquinho pelo meu santo dermevaldo olha vcs ficam falando do lula mas quem votou foram vcs mesmo e agora tão ai choramingando feito,feito sei lá o quê????? e outra vcs só sabem falar tudo bem que o lula é meio atrapalhado , mas eu aposto que se vcs estivesem no lugar dele não consiguiriam gorvernar um país alias o país que vcs vivem e que gostasem mesmo dele teriam analisado os candidatos e escolhido um melhor se pra vcs o lula não serve tchau!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!