SEM DEFESA

O petismo sempre foi partidário da tática de se defender atacando, conduta típica daqueles que não têm explicações a dar sobre seus atos. O próprio Lula, na já histórica entrevista de Paris, ao admitir a utilização de caixa dois afirmou que "todo mundo faz", tentando justificar o mensalão.

Agora, com as denúncias de nova apropriação do dinheiro público por parte dos lulo-petistas, a história se repete. Se não há como negar o assalto ao erário para manter os luxos de new rich petistas, acuados, estes partiram para o ataque. No lugar de explicações, acusações; onde deveria haver punição dos amantes do erário, a luta para impedir a investigação por parte do congresso. É a contumácia petista na defesa do erro, da ilegalidade, da imoralidade.

Não há como contrastar o que já foi divulgado em vista da gravidade dos fatos mais que comprovados por faturas de cartões de crédito, como a compra de um relógio masculino Santos Dummont por “apenas” US$ 16 mil dólares, em Nova Yorque ou o saque in cash de US$ 123 mil dólares durante a viagem de Lula à mesma cidade, inteiramente paga pela ONU.

O fato de FHC e sua tucanada inútil ter feito pior não justifica as “irregularidades” (segundo o impoluto Berzoini) dos companheiros que chegaram ao poder defendendo a ética da política. Atacar os tucanos não vai diminuir a ilegalidade dos atos dos lulo-petistas nem livrá-los da imagem de come-come que eles cultivam quando se trata de recursos públicos.

Por mais que a mídia vermelha despeje sua latomia, chorando os brios (há muito perdidos) dos companheiros, a realidade está aí para quem quiser ver. Ou melhor, estava, porque o governo mandou reduzir a transparência do Portal. Coisa de esquerdista inocente: se a realidade contraria seus integrantes, suprima-se a realidade.

6 comentários:

Alexandre, The Great disse...

È, Saramar. Não está mais adiantando utilizarem-se da "guerra de bugios", pois já estão todos cagados e não tem mais onde emporcalhar (de ambos os lados).
Então só resta o "abraço de afogado": atracar-se-ão ao psdb e juntos afudarem no buraco fedorento de onde vieram.


Vão logo... rápido.

João Bosco disse...

Estamos esquecendo da CPI das Ongs.
Sem repercussão não irá para a lugar nenhum.

Ricardo Rayol disse...

e a cada minuto surgem mais bizarrices.

Stella disse...

é a manipulação das massas, dos dados, das notícias, está só faltando um telão em cada casa com a pregação diária do grande guia

tita coelho disse...

O que mais me indigna é que as pessoas não fazem mais nada! Tá tão normal essa bosta toda que ninguém se mexe mais!!
beijos

DO disse...

O que impressiona é que o fundo do poço não chega nunca.

Beijos!!