"RELAXA E GOZA, MARTA SUPLICY"

Edilson Silva
Presidente do PSOL/PE


Acompanhei atentamente o primeiro debate entre Marta Suplicy (PT) e Gilberto Kassab (DEM) na abertura do 2º turno das eleições em São Paulo. Achei que já tivesse visto ali toda a agonia do PT na disputa eleitoral na maior cidade brasileira, mas não, o pior ainda estava por vir. Marta e a cúpula petista de sua campanha foram à TV, em seu guia eleitoral, praticar um preconceito medieval contra Kassab, insinuando que este não seria heterossexual.

Segundo a candidata Marta, Kassab teria dois grandes e principais motivos para não ser reeleito prefeito de São Paulo. O primeiro seria o seu histórico, suas más companhias do passado e o fato de sua filiação partidária, o DEM, ex-PFL. O segundo seria o fato de Kassab não ser casado e não ter filhos, o que, segundo a nova lógica de Marta, o tiraria da padronagem tradicional e aceitável para o cargo almejado, cargo que, aliás, Kassab ocupa atualmente, pois busca a reeleição.

Se seguir nesta linha ─ e espero que não siga, pois a maior cidade do país não merece isto ─ a próxima tática de Marta e seus marqueteiros será mostrar a língua para Kassab publicamente, tamanha a falta de argumentos políticos, que denunciam que o PT em linhas gerais perdeu a força de seu discurso nos grandes centros urbanos.

Senão, vejamos. Marta e o PT acusam Kassab de ter andado com Maluf num passado recente, no entanto Maluf hoje anda de mãos dadas com o PT e faz parte da base aliada de Lula, que Marta diz ser o governo que está mudando o Brasil para melhor. Ou Maluf mudou, ou existem dois Malufs e não fomos avisados, ou Maluf não mudou e se adaptou bem ao governo Lula. Suspeito que a terceira alternativa seja a mais próxima da realidade.

Acusam Kassab de ser do DEM, ex-PFL, partido que, segundo Marta e sua cúpula petista, está sendo banido do Brasil. Mas o PT, nestas eleições municipais, coligou-se com o DEM em mais de 800 municípios. Eu disse mais de oitocentos municípios.

Ainda segundo Marta, bradando no debate ao vivo da TV Band, o DEM está sendo enterrado no nordeste. Afirma ela que os coronéis do ex-PFL estão saindo da cena política e que Kassab seria um exemplar em extinção que luta pela sobrevivência em São Paulo.

Esqueceram de avisar a Marta e seus assessores que um sujeito de nome Severino Cavalcanti, do partido de Maluf, anda sendo chamado em Pernambuco de "companheiro" pela alta roda petista, e que até ministro de Lula veio a comício no pequenino município de João Alfredo para prestigiar a campanha do "companheiro" ex-deputado. Outros coronéis do PFL, como Inocêncio de Oliveira e José Múcio, também não foram enterrados, pelo contrário, só mudaram de sigla e estão mais fortes do que nunca por estas bandas, inclusive com ministérios.

Com relação à vida privada do prefeito e candidato Kassab, que não é da nossa conta, e às insinuações feitas de forma preconceituosa, Marta e o PT sempre se notabilizaram por defender o direito à diversidade neste terreno. Ou João Paulo em Recife estaria errado ao aprovar lei municipal garantindo pensão a parceiros(as) de servidores(as) públicos(as) homossexuais?

Portanto, os motivos que Marta e os seus levantam para que os paulistanos não votem em Kassab podem ser utilizados, pela sua ótica, para que os paulistanos também não votem nela mesma. Os paulistanos estariam, na visão de Marta, sem opção.

Marta talvez pudesse explorar o fato de Kassab ser um fanático neoliberal, um político de cultura patrimonialista, defensor desta democracia representativa viciada e sem jeito e da picaretagem tão características nos políticos tradicionais, ou mesmo acusá-lo de ser um político conservador e moralista. Mas estes defeitos também estão sobrando no PT. Então, cara Marta, o que sobrou para você foi um conselho conhecido: relaxa e goza.

8 comentários:

ateuatoa disse...

Já pensou, Saramar, nestes dias da reta final, com o Kassab dezoito pontos à frente o que os petralhas não irão fazer?
Já começaram com um promotorzinho eleitoral dando parecer favorável ao mandado de impugnação da candidatura do Kassab o qual, é claro, não iria fazer nada fora da lei conhecendo os fascistas petralhas como conhece.
A dona flor não contava que fosse dar um tiro no pé sendo preconceituosa.
Normalmente quem cospe para cima recebe de volta na cara!

DO disse...

Ela terá muito tempo pra fazer isto,Saramar.Continua despencando nas pesquisas e,dizem,a derrota será avassaladora. Alias,sei que muita gente do seu partideco,já conformados com a derrota,torcem, veja vc,para que seja uma lavada,para tirá-la de qualquer chance em 2010.
Beijos!!

Neto disse...

A Mídia elegeu Kassab.

Um erro na campanha de Marta foi o bastante para que Kassab atingisse a ponta.
Mas o interesse de Marta era fazer os eleitores paulistas entenderem em QUEM estariam votando "Quem é Kassab?" " Você sabe?"

O problema foi que a Mídia (já interessada na reeleição de Kassab) se aproveitou da má veiculação do vídeo e deturpou as mensagens fazendo o jogo virar a favor do prefeito.

Nesse contexto a unica coisa real que fica é a idéia de que a Mídia realmente elege quem ela quer - porque influencia fortemente as massas.

Eu NÃO vou atrás da Mídia, e nem gosto desse talzinho aí do Edilson - que se acha o paladino da ética, mas quando chegar ao poder vai fazer pior que os outros.

Saramar, muito cuidado com o que se reproduz pois nem sempre o que a mídia nos informa é a verdadeira verdade.

É preciso ser instruído para entender.

blogueiros com kassab disse...

olá, junte a nós: http://votokassab.blogspot.com/

Star disse...

Saramar, só você pra ser tão clara e precisa.

Eles já apelaram para Deus e o Diabo, pra baderna e pra porrada, mas sabe o que é?
A gente não quer Marta nem o PT mandando em São Paulo.

Fábio Mayer disse...

Belo texto, ótimos argumentos.

Mas se é de autoria de alguém do PSOL, que é pior que o PT e que no poder, fará pior que o PT, não confio...

Alexandre, The Great disse...

Eles odeiam a democracia.
Por conta disso estão sendo derrotados.

No RJ há prenúncio de um golpe.
Ô raça...

Ferra Mula disse...

Grande Edilson Silva, análise perfeita. Só uma observação, a midia não elegeu Kassab, a midia tem mantido o Lulla por conveniência. Li que até o Zé Dirceu condenou a postura da Martaxa.
Se confirmar no nome do Kassab, a vitória terá um sabor muito especial, é a derrota da Marta, do PT, do Lulla e o fortalecimento do DEM.