FAZENDO VÊNIA COM O CHAPÉU ALHEIO

Enquanto no resto do mundo, governos sérios se voltam para os respectivos países, preocupados com os efeitos da crise econômica mundial, Luiz Inácio da Silva mantém o périplo turístico, visitando as ditaduras do mundo e comprando, com o dinheiro público brasileiro, o apoio para suas pretensões políticas.

O ditador da vez é a múmia que se esqueceu de deitar, Fidel Castro e seu títere, Raul Castro. Os ditadores de Cuba (coitada, um só não bastava!) vão receber U$8 milhões retirados do erário do Brasil para financiar a exploração de petróleo. De quebra, mais uma vez, a Petrobrás, patrimônio dos brasileiros servirá de instrumento para financiar governantes déspotas ultrapassados. Não bastou o exemplo da Bolívia.

Sua majestade metamorfoseante já esbravejou, espumante, que não irá "usar o dinheiro público" para socorrer empresas brasileiras que estão perdendo dinheiro por efeito da crise. Para isso, não há recursos e se houver, não serão destinados a este fim. Entende-se agora porque. O dinheiro irá para companheiros confiáveis, como Fidel, Evo e, agora, o tal padre (só faltava este).

Por outro lado, como resultado da maré benfazeja, dos mares calmos e do barco novinho com que navegamos, o líder supremo irá doar milhares de toneladas de arroz à ilha-paraíso. Deve se destinar aos passarinhos, porque naquele éden socialista, o povo certamente não precisa de esmolas.

E o povo brasileiro, carente de representantes dignos deste nome, continua à mercê de quem irresponsavelmente, continua fazendo vênia com o chapéu alheio.

Que saudade dos tempos em que, neste país, existia um Congresso Nacional!

18 comentários:

Star disse...

Saramar é no que dá o povo no poder, a eleite não é digna de tal posto, vamos colocar aventureiros e oportunistas que esperam do poder tudo aquilo que nunca pensaram conseguir com o próprio esforço. Joguem seus diplomas no lixo, porque o páis é dos espertos e incompetentes.

Ferra Mula disse...

Bom Dia Saramar.
Esta semana postei esta notinha :- "Voce sabia que:- No final do ano passado, o Brasil doou US$ 10 milhões à Palestina, mas vários projetos que seriam desenvolvidos com esses recursos não saíram do papel?" - Lembrei-me de outra que em Março ou Abril, em uma dessas viagens do tipo nau sem rumo,ele liberou para Cuba U$ 1,5 milhão.
Nossas instituições estão falidas, e a imprensa ...?
Saúde, Força e muita perseverança.com um fraterno abraço do Airton.

Fábio Mayer disse...

Pelo jeito,não vai descansar enquanto não quebrar a Petrobrás, pondo dinheiro nesses quase países.

Kafé Roceiro disse...

Lindona,
Texto muito legal e como tudo que você escreve visceral.

Beijão do Kafé.

guto leite disse...

Bom dia amiga Saramar .. se o conde Deu, porque o nosso ilustre Asno presidencial não pode Dar .. até porque o de bêbado não tem dono .. não sei se é pra rir ou chorar, mas triste é constatar, que nesse bacanal latino americano até o presente momento nos não comeu ninguém .. só Deu .. rsrsrsrs .. um beijo grande do amigo carioca .. guto leite.

Cecília disse...

Não vão descansar enquanto não nos levarem à falência....

Tenha uma linda semana!!!
Beijosss

DO disse...

Estão todos acreditando nas tais pesquisas de popularidade do Pinócchio,Saramar.
O governo faz o que quiser, acreditando que basta depois dizer que nada sabia,e a "oposição" se cala com medo de perder eleitores.
É o fim!!

Beijos!!

posturaativa disse...

Sara, prometer é uma coisa, dar é outra completamente diferente. Para quem não tem recursos para dar andamento ao emPacdo e correndo o risco de não ter como continuar oferecendo as tais bolsas, resta só a falação. A marolinha está se transformando em um maremoto.

Anônimo disse...

Com vista a dar “voz” aos novos autores, o Portal Lisboa estabeleceu uma iniciativa única, no campo da criação literária portuguesa.

Neste sentido, o Portal Lisboa vai apadrinhar duas colectâneas literárias, uma de Poesia e outra de Contos Literários, a serem editadas pela Chiado Editora.

Gostava de ver os seus textos publicados por uma editora de prestígio? Tem aqui a sua oportunidade!

Descubra mais no site: www.portallisboa.net

Alexandre, The Great disse...

Saramar: ouvir elle dizer que "the talking mummy" está com uma "cabeça ótima"(sic) me causou aquele mix de náusea/riso, muito comum nas raras vezes que sou surpreendido por uma de suas falas.

Um beijo,

Voodoo disse...

Querida amiga,


Eis que mais nada nos supreende, e a pergunta que fica é,
até quando?
bjs

Anônimo disse...

Passe lá no blog do Clausewitz e participe de uma enquete sobre o desempenho de Tarso Genro e Paulo Vanuchi... tem direito a atribuir nota e até eleger um substituto, caso você, como eu, esteja insatisfeito com o trabalho dos dois...

http://blogdoclausewitz.blogspot.com

Odele Souza disse...

Ele não vai usar o dinheiro público para socorrer empresas brasileiras? E como se ele nunca tivesse usado nosso dinheiro em tantas outras coisas que não deveria usar.
Ai, ai, quando é que este homem sai?

Manoel Carlos disse...

A prioridade nas ações é que define a essência do governo.
Quando o navio afunda, primeiro salvam-se as crianças.
Na crise, Lula-Lá-U dá dinheiro aos bancos e às montadoras de automóveis, ou seja, às grandes empresas estrangeiras, sobretudo os bancos, que obtiveram ganhos indecentes no (des)governo dele, graças às maiores taxas de juros do Mundo.
Ao povo, cabe financiar a farra.

A Torre Mágica disse...

Fantástico o seu texto, Saramar! Fantástico! Estou encantado com seus blogs e com o conteúdo informativo deles. Abração.

Pedro Antônio - A TORRE MÁGICA -
www.atorremagica.blogspot.com

Anônimo disse...

Saramar,
saudades, como sempre suas colunas são oconcur. Pois,são suas. Quanto ao fato de vc questionar o congresso, os dePUTAdos, esqueça na República Cleptocrata Tupiniquim , quem contesta e quem força estes desocupados a legislar somos nós o 4o poder: Opinião Pública + Midia (informação precisa de toda ordem).

Beijos,

Robernilio Freire

ZEPOVO disse...

não sou o tunico mas "to de olho"...

Rosana disse...

Saramar, ótimo post! O que será que acontece por aqui que ninguém se revolta contra essas e tantas outras barbaridades? Parece que o nosso excelentíssimo presidente está blindado, nada o atinge!
Beijos,
Rosana