INDIFERENÇA




um poema de Geraldo Vidigal


A mim, porém, que me importa?
- Eu só conheço Alegria!

Uivem os lobos embora,
Chorem crianças, embora,
Matem-se os homens, irados:
Eu só conheço Alegria.

Que me impota o que aconteça
Se os dados foram lançados?
Se eu escolhi minha vida?
Ninguém me muda de estrada,
Ninguém me vira a cabeça!

Mas não me falem de nada.
Mas não reabram ferida
Que tanto punge e magoa:

Eu escolhi Alegria...
Não me despertem à toa:
Nunca me falem de nada!

Não é a cara do líder?
Dedico a elle, para embalar seu ócio de 8 anos.

7 comentários:

Anônimo disse...

Putz...na mosca.

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Saramar:

Para a minha querida amiga os votos de uma semaninha muito feliz.

Um beijo,

mr.buba disse...

quer enviar o lula pelo ralo mesmo? eu concordo...

Suzy Tude disse...

Saramar, está excelente!
Eu postei informações sobre a nossa blogagem para aqueles que não estiverem sabendo mas quiserem apoiar.
Beijo

junior disse...

Rssss ótima charge

Suzy Tude disse...

Saramar querida, gostaria que você me ajudasse a repassar as últimas informações sobre a blogagem coletiva do dia 10:
Devido às últimas notícias,(Fernando Gabeira (PV-RJ) descartou que possa ser o concorrente da chamada "terceira via"), nossa blogagem coletiva agora vai apoiar tão somente a "Terceira Via". Vou disponibilizar novo símbolo via e-mail (por isso quem quiser participar me envie o e-mail, por favor).
O Texto é LIVRE!!!!!!!
Grande abraço e vamos à luta!

Ricardo Rayol disse...

Perfeito