PIEDADE PARA AS MULHERES


O que as mulheres brasileiras têm a comemorar neste dia da mulher? Quais são os motivos que têm festejar seu gênero?

As mulheres brasileiras, há tempos, vêm colecionando decepções. Como disse Belchior, "as aparências não enganam, não". A vida do país está pior, muito pior. Perdemos a inocência e a esperança. Hoje, vivemos apenas de medo.

Medo do passado, do presente e do futuro.

O passado pesa sobre as mulheres do Brasil, porque não foi resolvido, ou está sendo lentamente apagado para que todos se esqueçam daqueles que o roubaram quando era presente.

O presente amedronta as mulheres em vista das incertezas que passaram a integrar nossos dias, em vista da inércia, da falta de compromisso com as necessidades e de respeito com o que os cidadãos querem e reivindicam, com a insensibilidade idiossincrática daqueles que nos governam.

O futuro? Este se mostra cada vez mais ameaçador porque não há perspectiva de mudança.

Por isso, no dia da mulher, só me resta pedir aos deuses e, principalmente, às deusas, que protejam as mulheres e seus homens.

Pedir que protejam o fruto de cada ventre, sempre bendito, para suas mães.

Que não permitam que sejam feridos ou magoados.

Que não permitam que sejam enganados.

Que não permitam que continuem sendo deliberadamente alienados.

Pedir aos deuses que tenham piedade das mulheres que estão vendo sua carne ser cortada diariamente pela violência e pela morte.

Pedir, enfim, que as mulheres se vejam livres dos homens e das outras mulheres que desdenham da emoção, companheira da dor.

No dia 8 de março, as mulheres brasileiras querem flores vivas e não mortas, em túmulos.

Imagem: Michelângelo

11 comentários:

o alquimista disse...

As mulheres merecem todo o respeito...não conheço a vossa realidade mas urge lutar pela igualdade de direitos...

Doce beijo

Santa disse...

Que texto! Que sensibilidade! Agradeço muito mais esse presente!

Bjs

Pata Irada disse...

Querida Saramar

Gostei muito do teu texto e vamos mesmo pedir ao deuses que nos protejam, homens, mulheres e principalmente as crianças.

Bom seria que não precisássemos de um dia especial para chamar a atenção.

bjs.

Glênio Gangorra disse...

O seu pedido só poderá ser atendido quando o movimento bolivariano concluir a migração dos estados liberticidas reacionários para uma verdadeira democracia nacional-socialista. Fazemos coro a seus pedidos. Viva Fidel, Viva Marisa.

Alexandre, The Great disse...

Saramar.
Embora eu aprecie também as "mulheres guerreiras" - como no seu caso - forçoso dizer que prefiro-as doces e meigas, como outrora foram.

Um beijo e Parabéns pelo seu dia!

Jussara Gehrke disse...

guerreiras não quer dizer que não tem doçura e meiguice!!

a mulher tem esta capacidade, luta e não perde a ternura.

DO disse...

Lindo demais o texto,SARAMAR. Mas ouso dizer que serve a todos nós...
Parabens!!


Beijos!!

Patrick Gleber disse...

De qualquer forma parabéns para todas vocês.

Patrick Gleber
www.blogdopatrick.br21.com

Stella disse...

um belo texto de uma guerreira repleta de sensibilidade
bjks

keikas disse...

muito lindo,
Parabéns!!!
bjoka

CAntonio disse...

Saramar,

Como sempre a sensibilidade saramariana produz grandes textos.

Parabéns pelo Dia.

..."Se todos fôssem no mundo iguais a você"

Bjusmil