AH! ESSES ANJOS

Imagem: Carracci

Sobre o púmbleo pântano,
paira súbito, um impoluto ser.
E tanta luz espalha,
que os súditos, cegos diante
desse esplendor de pureza,
quedam-se súplices,
maravilhados a implorar
pelo mínimo dessa certeza
que, pobres, também almejam:
A alma pura, o subido coração
distantes do chão onde pululam
os torpes, os mentirosos,
que enganam a nação.

12 comentários:

DO disse...

Gostei,SARAMAR!!!


Beijão!!

cilene disse...

eu fico impressionada com sua capacidade de escrever versos, e tambem posts maravilhosos, revoltados sobre a politica do Brasil...vc e uma pessoa especial Saramar.

LEandro Nascimento disse...

Realmente de Parabéns se inventarem o prêmio Blog incentivo político serás todo seu... Bom FDS... big Beijos

Stella disse...

isso não é anjo, é urubu comendo a carniça do povo

Fábio Max Marschner Mayer disse...

Saramar,

Sei que você recebe prêmios virtuais aqui no blog praticamente todos os dias.

Mas então, não custa mais um: acrescentei tomates à sua macarronada hoje, por sua luta constante pela moralidade, direito fundamental do ser humano.

Bom domingo!

Fernando Palma disse...

"cegos diante
desse esplendor de pureza,
quedam-se súplices,"

muito bem escrita esta passagem. E todo poema.

Muito bela imagem também. Gosto muito.

Obrigado pro estar sempre por perto.

Abraços, estrelas, nuvens...

CAntonio disse...

Saramar,

Indiquei você ao Blog com Tomates.
Passa lá no Blogando, apanha o prêmio de bola pra frente.

Bjusmil

alexandre, the great disse...

"Sobre o PLÚMBEO pântano..." : do latim plumbum = chumbo ou, figurativamente, acinzentado.

A "artesã da lama nacional" em mais uma de suas magníficas obras.
Parabéns!


Alexandre, The Great

Jorge Sobesta disse...

Saramar,

Gosto da sua versatilidade. Fazer poesia com coisas que são motivo de escárnio.

Grande abraço.

Ricardo Rayol disse...

Tua veia poética está se espalhando querida Saramar, adorei.

cilene disse...

Parabens pelo premio minha amiga ...vc merece!!!!

Dalila disse...

=)