DEPENDE DE NÓS

Imagem:Jazinski

Estou em dúvida em relação ao atual governo (?).

Qual será sua marca? Depois que todos forem história, como serão lembrados o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu partido?

Considerando a imagem que o petismo sempre quis ter de paladino da ética, defensor dos fracos e oprimidos, dos pobres, dos africanos, dos haitianos, dos mensal... ops, etc., etc., etc., o que sobra é desolação, choro e ranger de dentes.

Lula da Silva teve aquela fase de se comparar a gente importante, Tiradentes, JK, Getúlio e (dizem as más línguas da elite) até a um certo pescador.

É uma pena que a ação de se-comparar não provoque uma certa osmose com os alvos da comparação, mesmo que fosse uma relação de parasitismo. Isso daria certo, se os tais alvos não estivessem mortos, afinal de parasitismo...

Voltando ao assunto da marca. A história já tem os símbolos de todos os modelos que Lula tentou vestir e não serviram: a inconfidência, os cinquenta anos em cinco, a CLT e, que Deus me perdoe, a ressurreição (que Deus nos livre, se ele tentar imitar essa!).

Imagino como sofrerão os historiadores de daqui uns cinco, dez anos, escrevendo sobre o lulo-petismo. Não, não pense na estrela vermelha. Coitada, anda por baixo dos panos, tapetes, sei lá.

Que marca, qual imagem deste governo (?) restará sobre as cinzas do lulo-petismo e que nossos descendentes irão vislumbrar nos livros?


A bolsa-esmola?
A corrupção?
O mensalão?
O não-sei-de-nada?
O nunca-neste-país?
O apagão da infra-estrutura?
O apagão ético?
O apagão na educação infantil?
O PAC?
O mensalão?
O apagão aéreo?
O apagão da saúde?


A resposta depende de nós, como diz aquela música.

13 comentários:

Mônica Montone disse...

nunca-na-história-desse-país se viu essa situação, bela...... La-men-ta-vel

beijos,

MM.

DO disse...

Nem ouso arriscar ainda,SARAMAR. Mesmo pq esta história,parece,está longe de terminar.
Beijos!!

junior disse...

Saramar,
Apesar de parecer perigoso, eu gostaria que o lula fosse esquecido pela história, seria a sua melhor punição, um ex que ninguém lembrasse, morrendo sozinho e longe dos holofotes numa cidadezinha do sertão nordestino, barba longa, pés descalços, cartãozinho do bolsa família nas mãos, mas sem bolsa família pra receber.... Não que eu ache que seria ideal ele chegar nesse ponto pra morrer, por mim, poderiam morrer com ele agora mesmo. ahahahahah
beijos

alexandre, the great disse...

Saramar.

O que realmente "marca" a pessoa sãos seus hábitos pessoais e os dele estão definitivamente maculados pela mentira, além é claro daquele seu "assessor para assuntos aleatórios" - o sr. Johnny Walker.


Alexandre, The Great

ROÇA COISA É OUTRA LIMPA disse...

Tomara que termine e que tenha história, esta que você bem lembrou.

João Bosco disse...

Na história ficará marcada a frase: "eu não sabia".
O presidente que não sabia.

Cadiho RoCo disse...

Já passou da hora de instalar o processo Impeachment Lula. Mas, antes tarde do que nunca. Não há outra solução. A sociedade precisa de impor isso ao Congresso Nacional.
Cadinho RoCo

Ricardo Rayol disse...

A marca registrada é aquela que fica depois que alguém pisa em um monte de estrume e sai passeando por aí sem se tocar.

Cejunior disse...

Sei lá... acho que o Lula, sinceramente acredita que é maior do que JK e Getúlio juntos! E se puder é assim que ele gostaria de passar para a história: o maior presidente deste país!!!
Nem que tenha que mudar a história!

Jorge Sobesta disse...

Saramar,

Quando penso em marca do governo petista me vem a cabeça aquela porca imagem da famosa marca de "freada de bicicleta" em cuecas de pessoas de higiene pouco confiáveis.

O que me mete medo é essa estória agora de socialismo petista. Parece que teremos outro Hitler tupiniquim.

Anauê! hehe.

Grande abraço e um bom final de semana.

Gabriela ( MOVCC) disse...

Irei lembrar de um governo feito atrás das MOITAS. Um governo construído em cima da mentira e corrupção. Um governo feito por homens da pior espécie humana. Isto é, os execráveis da escória humana.

Fábio Mayer disse...

Não sei qual será a marca histórica deste governo, mas tenho certeza de uma coisa: TUDO PASSA.

A ditadura de Cuba passará, apesar de haver quem diga que ela é eterna.

Hugo Chaves passará, deixará a Venezuela em frangalhos, é verdade, mas ele não é eterno, vai acabar.

O petismo, idem. Mesmo que consigam as regras para se perpetuar no poder, chegará um dia em que seu tempo acabará, como acabou o dos militares brasileiros (lembremos, os militares brasileiros sempre foram esquerdistas).

Tudo passa, mas quem tenta se perpetuar no poder acaba deixando uma imagem histórica ruim: Stálin, Hitler, Saddam, Ceuaucescu, Franco... todos são fantasmas dea história, lembrados por seus atos errados, por mais que eventualmente tenham feito coisas boas.

shirlei horta disse...

O governo menos democrático, mais autoritário e mais corrupto depois da redemocratização.