GETÚLIO????

Lula da Silva reafirma, pela enésima vez, a falta de personalidade política do seu governo. Ele que já se comparou até a Tiradentes, agora tenta vestir a imagem de Getúlio Vargas, mesmo sabendo que ela nunca se ajustará ao seu perfil. Mas, perdoemos-lo. Lula não consegue conviver com a realidade, sabemos bem. Sua declaraão aos ministros prova essa incapacidade:

"As realizações sociais e econômicas deste governo e o projeto de País só terão comparação com o governo de Getúlio Vargas" (Lula falando a seus ministros).

Fiquei pensando em que Lula se parece com Getúlio Vargas e, confesso, não consegui enxergar, mas aceito sugestões. Não sou “apaixonada” por Getúlio, mas entre ele e o atual presidente há uma astronômica distância.
Por exemplo:

Getúlio Vargas se preocupou com a superação do modelo econômico brasileiro que, na década de 30 do século passado, como quase todos os países, sofria a influência da quebradeira geral das bolsas de valores. Era paternalista? Sim, mas não era visionário, nem queria salvar o mundo, mas foi corajoso e, mesmo enfrentando os poderosos de então, iniciou a transformação do país, levando-o da economia agrária, monocultora, para a economia urbana e industrializada.

Dizer isso em uma frase é fácil; a prática é outra história. Getúlio realmente construiu um outro país, criando a estrutura burocrática necessária, investindo na infra-estrutura, na educação e na regulação das relações de trabalho. Ademais, mexeu no vespeiro político–eleitoral ao instituir a Justiça Eleitoral, criar o Código Eleitoral de 1932 e incentivar a adoção do sistema de representação proporcional, que retirou do Poder Executivo a organização e realização das eleições.

As realizações da “era” getulista são conhecidas: criou o Ministério da Educação e Saúde, fundou a Universidade do Brasil, regulamentou o ensino médio; criou a Justiça do Trabalho, instituiu o salário mínimo, a CLT e todos os direitos trabalhistas conseqüentes; além da Petrobrás, da Eletrobrás, da Companhia Siderúrgica Nacional e da Vale do Rio Doce, criou o BNDES, o IBGE e mais um tanto de órgãos todos direcionados para a incipiente industrialização do país; etc., etc. etc.

Getúlio Vargas tinha outros propósitos além do poder. Tinha a visão do fim de uma época e levou o país para aquela que estava começando. Refez-se, reconstruiu-se e carregou o país para o início da modernidade.

Getúlio investiu na infra-estrutura do país, incentivando a indústria de base. Lula gastou milhões na operação tapa-buracos que significou nada para os cidadãos brasileiros enquanto rios de dinheiro foram transferidos às empreiteiras.

Lula da Silva absorveu todo o ideário econômico de seu antecessor, que sempre repudiou. Além do mais, sem nenhuma política econômica definida e precisando manter apoio político a qualquer preço, beneficia os grupos financeiros mais poderosos, indo de encontro a tudo que ele e seu partido pregaram em 25 anos de trajetória.

Getúlio foi o pai do trabalhismo; Lula é o pai do petismo, cujos “trabalhadores” se caracterizam pela sede com que tomam de assalto (ops!) a teta oficial. Enquanto Getúlio proporcionou direitos e dignidade ao trabalhador brasileiro, Lula dá bolsa-esmola, “mata de vergonha e vicia o cidadão”.

Getúlio também visava à manutenção do poder. E instrumentou-se para conquistá-lo ao mesmo tempo em que administrava o país. Tinha planos, políticas e estratégias adequadas ao momento e ao seu projeto político, assim como qualquer governante. Lula da Silva tem a retórica. Seu plano de governo consiste em manter os ricos satisfeitos e cada vez mais ricos e manter os pobres cada vez mais dependentes da esmola governamental, que sai dos bolsos dessa eterna vítima: a classe média.

Getúlio começou a mudar a face político-eleitoral do país, diminuindo o poder do executivo sobre o processo de escolha. E Lula? O abuso das medidas provisórias, a bolsa de comprar votos dos miseráveis, a truculência militante, o mensalão, Marcos Valério e Delúbio, a desmoralização do congresso e das forças armadas, o palanque que não se desarma nunca... Tudo muito bem engendrado, bem construído para criar a imagem populista e falsa do grande líder do partido do EU, como Stálin, Mao, Castro e outros monstros pré-históricos e, pior, violentos.

Getúlio inspirou-se no positivismo de Comte; Lula inspira-se no comunismo de Castro, alia-se à insanidade de Chávez e afaga ditadores mundo afora enquanto repete interminavelmente o mote da democracia que, nos corredores e gabinetes, nos atos e omissões, é constantemente ameaçada.

Enquanto Getúlio criou o Ministério da Educação e Saúde, Lula criou o bolsa-esmola-Prouni e as cotas raciais, institucionalizando o racismo no país, em mais uma tentativa escancarada e irresponsável de dividir os brasileiros para se beneficiar da divisão que já tentara instituir entre ricos e pobres.

Getúlio plantou as sementes para os “50 anos em cinco" de JK.

Lula planta o PAC em manchetes e prenuncia 50 anos de atraso para o Brasil.

4 comentários:

João Bosco disse...

Gostaria de saber uma coisa, daqui a 20 anos, alguém vai se comparar a Lula?
Quem sabe alguém queira comparar-se a Renan, Sarney, Collor e outros assemelhados.
Todos tem uma coisa em comum: estão juntos neste governo.

Ricardo Rayol disse...

Getulio foi um pau no cu e Lula conseguiu superá-lo, mas para alguém que já se comparou a Cristo isso não é nada.

Stella disse...

Lula fala fala fala
vai no site do pt e lê o que ele disse hoje!
ele delira ao falar mas também sabe defender o seu

pianomanga disse...

Ol� Saramar,boa noite.Eu j� n�o sei
mais o que falar deste governo.
depois de dizer que ninguem tem mais etica do que esta quadrilha com ares de partido politico, tudo
isto � sinal que o fim est� proximo
Quanto a Getulio,comparar-se a ele
� sinal que o homem � um lun�tico. Bj�o pra voce querida amiga e um lindo amanhecer.
Ps:Obrigado pela visita,pelo presen
te e por voc� existir.