Blogagem coletiva
Se Flávia dorme, a justiça brasileira precisa acordar e cumprir sua missão, escrita em seu nome: JUSTIÇA!

A história de Flávia e o terrível acontecimento que a colocou em estado de coma vigil há quase dez anos está contada neste blog, criado por Odele, sua mãe. É uma história de dor da menina que, ontem (16/12), completou 20 anos e não pode comemorar porque a irresponsabilidade e a ganância cortaram o andamento normal de sua jovem vida. É também a história da luta de sua mãe para que a JUSTIÇA seja feita para Flávia e para que outras crianças e mães não sofram o que esta família sofre há tanto tempo.

Após conhecer os fatos que mudaram a vida de Flávia e dos seus, penso em que se transformou o ser humano. Penso na escravidão em que vivem os homens, sob o jugo do dinheiro, do lucro a qualquer preço e além de qualquer necessidade.

No caso desta menina, imagino que seria dever da empresa (ir) responsável ajudá-la, independente de qualquer ação judicial, de qualquer determinação legal. Para mim, trata-se, antes, de humanidade e responsabilidade.

Entretanto, os responsáveis pela tragédia de Flávia lutam de todas as formas para se furtar ao seu dever. E assim, demonstram que são menores que as feras porque estas cuidam de suas crias. Assim, mostram que um tanto de dinheiro enriquecendo os bancos é mais importante que uma vida transformada em pesadelo e dor.

Olhando a foto de Flávia, eu me pergunto se, assim como esta jovem, a humanidade dorme. E concluo que dorme sim, mas é outro sono, diferente do dela. Os seres humanos dormem em egoísmo e indiferença. Dormem em berço feito de notas infectas do mais sujo dinheiro do mundo e mais se embriagam em seu odor de injustiça.

E a poder judiciário brasileiro? Quase dez anos de sofrimento e tristeza para uma família inteira e nada se resolve e nenhuma autoridade se lembra de Flávia e de suas necessidades. A frieza e o desinteresse redobram o sofrimento da mãe que, além de ver a filha neste estado, ainda precisa lutar contra a lentidão da justiça, que sempre é constante para a parte mais fraca da história.

Até quando Flávia deverá esperar?

Até quando a impunidade continuará colocando em risco outras crianças?

ACORDA JUSTIÇA BRASILEIRA, PORQUE FLÁVIA JÁ NÃO PODE FAZÊ-LO.

12 comentários:

tita coelho disse...

Gostei do texto Sara!! A justiça é lenta e cega nesse País!!
beijos meus

Ricardo Rayol disse...

Pois é .

andre wernner disse...

Prezada Saramar,
Você disse bem, em outras palavras, a lerdeza da Justiça brasileira é uma vergonha. Onde já se viu um menina de dez anos aguardar mais dez para ver reparado não um erro, ou uma fatalidade, mas a irresponsabilidade de pessoas mercenárias, que só pensam no lucro fácil.

Li toda a documentação e demais informações no blog da Flávinha antes de fazer a minha postagem lá no blog. Laudo técnico deixa claro que os três segmentos envolvidos não cumpriram com a legislação em vigor. Quanto tempo mais vai se arrastar esse caso, agora em instância superior?

A sociedade consciente e organizada têm que protestar, assim como os blogs estão mobilizados hoje, no qual a sua presença dignifica ainda mais esse movimento feito pela Sra. Odele Souza. Parabéns.
Abs

Odele Souza disse...

Saramar,
Obrigada por sua participação na Blogagem Coletiva de Flavia. E obrigada Saramar por este excelente texto. É como você diz, até quando vão deixar Flavia esperar? A vida passando e Flavia esperando enquanto que os responsáveis pelo acidente, seguem suas vidas, sem se importar...
impossível não se indignar..


Fique com meu carinho.

Pra você minha gratidão e meu carinho.

aDesenhar disse...

grato pela visita.

que esta onda de solidariedade cresça
até que se faça justiça para o caso da Flavia e outros esplhados pelo mundo.

abraço solidário

Catellius disse...

Excelente post!

Gostei muito disto:

"Olhando a foto de Flávia, eu me pergunto se, assim como esta jovem, a humanidade dorme. E concluo que dorme sim, mas é outro sono, diferente do dela. Os seres humanos dormem em egoísmo e indiferença."

Abraços

Sombra do Sol disse...

Olá bom dia, participando da blogagem coletiva tive oportunidade de conhecer sua página, parabéns! Em momentos assim onde a impunidade infelizmente opera, temos que aprender amar a todos, indistintamente, para conseguir encontrar a luz que tanto desejamos. Temos que procurar não distinguir o sábio do ignorante, o rico do pobre, quando se trata de ajudar. Estamos todos nós empenhados nesse propósito para podermos levar aos tristes a consolação, aos que lutam o incentivo da compreensão e o carinho. Espero que consigamos nosso objetivo que é JUSTIÇA!! Abraços fraternos do amigo.
http://sombradosol.zip.net/

Betty disse...

Saramar querida
Ando tão cansada de tudo isso... Sinto vergonha do meu país... E a mídia a perder tempo com Ryan Grace... Já foi tarde!
Beijinho

Isabel-F. disse...

Olá Saramar,

O teu post está fantástico.
Parabéns.

Obrigada pela tua visita e pelas palavras que me deixaste ...

gostei muito de te conhecer...

beijinhos

DO disse...

Este país é uma piada,Saramar.
Deus queira que algo de bom aconteça pra mudar isto.
Beijos e uma otima semana

http://www.ramsessecxxi.blogger.com.br/

Odele Souza disse...

Bom noite Saramar.
Voltei hoje com mais calma para reler seu excelente texto sobre a história de minha filha e também para ler os comentários de seus visitantes, alguns deles já amigos meus, como por exemplo Adesenhar e Isabel Filipe, ambos de Portugal e que têm sido fantásticos abrindo espaço em seus blogs para me ajudar a divulgar a história de Flavia, mais um exemplo de NEGLIGÊNCIA e IMPUNIDADE.
Mais uma vez, muito obrigada Saramar.
Um abraço.

Anônimo disse...

Olá Saramar querida.Lindo post,exelente comentários.O que nos deixa revoltados,é que bandidos
sanguinários como champinha,gozam de privilégios,morando em casa ampla,com tv tela plana 29 polegadas,games de ultima geração,tem assistencia total dos direitos humanos,moveis de primeira,diretos da loja,ainda o governador diz:'é melhor do que ficar na rua'.Os direitos humanos nunca procuraram os pais de Flávia? Essas coisas nos deixam desanimados e sem esperança.Parabens Saramar,você sempre supera,é fantástica.TIAGILA.