ÀS MULHERES


Neste dia, que se convencionou ser o da mulher,
não tenho versos nem flores para oferecer.
O tempo não é de festa, nem comporta ternura alguma.
Perdão, doces amigas minhas, o tempo é de lutar.
É dia de mulher repudiar a superficialidade que se tornou o 8 de março, totalmente desvirtuado daquilo que deu origem ao dia da mulher,
para fazer o que mais sabe: cuidar.
Cuidar do futuro, cuidar do país.
Impedir que os micróbios continuem se proliferando em nossa casa até se tornar monstros como esses que violentam todos os dias a vida e a fé nos seres humanos.
Não vamos nos iludir: eles já estão entre nós e destroem, queimam e roubam.
Por enquanto, coisas.
Se deixarmos, irão destruir vidas, como a de Ingrid e sua família.
Por enquanto matam vacas e destroem cercas.
Se nossos braços permanecerem cruzados,
irão construir cercas de campos de concentração,
como as que prendem Ingrid.
O que tenho, hoje para lhes oferecer, minhas mais amadas amigas,
é apenas um convite à união dos seres femininos
para proteger nossa família, nosso país.
O que lhes desejo e a mim também é coragem.

Parabéns a vocês, mulheres fortes e corajosas que são, todos os dias.

Obrigada, Leo.

7 comentários:

Stella disse...

É um dia para não ser comemorado, mas para refletirmos o
quanto ainda temos que lutar para conquistar nosso espaço

Defensor disse...

...parabéns às guerreiras!!!!

Ricardo Rayol disse...

Deixo aqui meu abraço

Ronald disse...

Estou com vocês nesta luta, somos iguais sim senhora e pronto!

Fábio Mayer disse...

Se um dia Ingrid Betancourt for libertada pela quadrilha de criminosos que a sequestrou, será corajosa para condená-los e defender todo e qualquer esforço para destruir sua organização.

E quem acha que ela vai agradecê-los pela liberdade que lhe roubaram, no mínimo não gosta de mulheres, para achar que elas aceitam ser seviciadas desse jeito... o senhor Hugo Chaves deveria aprender um pouco mais sobre as mulheres antes de defender criminosos que fazem uma coisa dessas com uma delas (ou com várias, embora uma seja suficiente para mostrar o quanto são criminosos e machistas).

Pata Irada disse...

Pô Saramar que triste.
É verdade, ela está lá sofrendo enquanto o mundo todo presta homenagens às mulheres.
Parabéns por fazeres essa homenagem à Ingrid Betancourt. Ela merecia nesse dia um grito de solidariedade de todas as mulheres do mundo contra esses monstros tiranos.

Cris disse...

Ingrid deveria simbolizar o Dia Internacional das Mulheres desse ano.
( Que bom que me achas divertida...rsrsr é um dos modos de eu lidar com a tristeza! ). Beijão, querida.