CADÊ O CONGRESSO?


Dizem que o Brasil é o país mais importante da América Latina. O Brasil, não o presidente do Brasil que já mostrou ao mundo sua principal característica: a tibiez política e administrativa quando se trata de cuidar das demandas, das vontades da população. Mas não quero falar de Luiz Inácio da Silva e seus vassalos, refestelados em todos os poderes.

Quero falar do Brasil, que é muito maior que esses indivíduos que o governam (?). E, por ser maior, precisa se posicionar urgentemente em relação à tragédia da Colômbia, vitimada pela ação dos criminosos das farc's e pela ingerência inaceitável do louco bolivariano em seus assuntos internos.

O Brasil nunca apoiou nem aceitou o terrorismo. Por que agora, todos se calam quando o governo se coloca ao lado dos criminosos, insistindo em penalizar a vítima maior que é a Colômbia, fingindo não ver que o crime mais grave é o sofrimento de uma nação amiga tomada pela violência do terrorismo sustentado pelo narcotráfico, o roubo e o seqüestro?

Apesar da vasa que caracteriza a atual legislatura brasileira, e mesmo em conseqüência dela, o congresso nacional tem obrigação de se posicionar expressamente diante deste grave conjunto de episódios que os insensatos estão criando, que poderá se materializar em tragédia para o continente latino-americano.

Se o Brasil é o líder da América Latina e seu povo repele veementemente o terrorismo, cabe ao congresso nacional alardear a voz dos brasileiros repudiando, venha de onde vier, qualquer apoio dado aos criminosos das farc's e a quem os defende.

Erga sua cabeça, congresso nacional, nesta hora grave. Quem sabe assim, possam seus integrantes começar a se redimir das tantas afrontas que praticaram contra o povo brasileiro?

3 comentários:

ROÇA COISA É OUTRA LIMPA disse...

O que elles menos ouvem é o grito dos seus eleitores.Ouvem sim, e muito, a voz dos próprios interesses.Nós podemos acabar com a festa?Não o fazemos por que?

Fábio Mayer disse...

Dias atrás, lendo sobre as eleições no Paraguai, fiquei estarrecido ao ver um esquerdofrênico brasileiro afirmar em alto e bom som que o Brasil rouba o Paraguai pelo tratado de Itaipu.

Itaipu que foi construída sem um único centavo vindo daquele arremedo de país, e que esse palerma esquerdofrênico brasileiro agora protege, para eleger um bispo analfabeto e igualmente esquerdofrênico para a presidência.

O Brasil é grande, deveria começar a agir como país grande e coibir esses crimes de lesa-Pátria... isso tem tudo a ver com o seu post.

DO disse...

O Congresso reagir??
Só atuam em causa própria,SARAMAR.
E naquelas que acrescentam algo ao próprio bolso.
Não estranharia nada se,em breve,descobrirem que algum ( alguns ? ) parlamenmtar recebe grana de terroristas.
Vamos ver.

Beijos!!