RECADO PARA A DILMA ROUSSEF

Dilma Roussef, você, a candidata do lulismo ao governo do país, é um nada em termos gerenciais e políticos.
E ainda assim, Dilma, você finge ser capaz de governar o Brasil.

Pior que o nada, quem tem dois neurônios funcionando neste mundo, sabe que você, Dilma, pode vir a ser um buraco negro onde toda luta e realização cidadã será tragada em favor de uma ideologia ultrapassada e fracassada, cuja história está manchada pelo sofrimento, pela miséria e pelo extermínio de inocentes, como foi na URSS, ainda é em Cuba e já está pronta para ser na Venezuela.
E ainda assim, Dilma, você finge ser capaz de governar o Brasil.

No mundo moderno, Dilma, sua ideologia só encontra abrigo em Cuba, na Coréia do Norte e, mais recentemente, na Venezuela, cujo desvairado governante merece seu beijo, merece sua atenção e, quem sabe, sua obediência. Estes países são, hoje, as vítimas do moribundo comunismo que, mesmo in extremis, continua enganando os jovens, atraindo-os para sua armadilha falida e homicida.
E ainda assim, Dilma, você finge ser capaz de governar o Brasil.

E você, Dilma, tem a coragem de defendê-los, mesmo sabendo da desgraça que provocam onde se impõem.
E ainda assim, Dilma, você finge ser capaz de governar o Brasil.

Dilma Roussef, você é a face deste modelo ultrapassado. Sua história e sua personalidade foram moldadas, desde a infância, pelo esquerdismo. A repulsa que o petismo demonstra em relação a sua candidatura, imposta pelo Luiz Inácio, está relacionada tanto ao seu temperamento individualista e autoritário quanto ao seu passado pautado pela violência.
E ainda assim, Dilma, você finge ser capaz de governar o Brasil.

Em resumo, você é detestável para todos os "companheiros" que são obrigados a apoiá-la. Imagine, então, para o povo que mesmo vendo, de você, apenas a face enganosa, já a repudia.
E ainda assim, Dilma, você finge ser capaz de governar o Brasil.

Dilma Roussef, o povo não é cego. Os cidadãos brasileiros estão percebendo o quanto você está fingindo, minha filha.
E ainda assim, Dilma, você finge ser capaz de governar o Brasil.

Porém saiba, o povo pode até ser enganado por um falso líder, mas é só durante algum tempo. E você, Dilma, nunca foi líder de nada. Nem será. Muito menos do Brasil.

6 comentários:

paschoal disse...

Saramar amiga, você simplesmente arrasou. Esou linkando urgente porque está um texto brilhante.
Parabéns amiga e obrigado por falar (escrevendo) o que todos nós queremos expressar!

CAntonio disse...

Brilhante...

E, felizmente para nós, você Saramar é capaz de nos brindar sempre com suas reflexões.

Enorme abraço

tunico disse...

Saramar, este texto deveria ser impresso em letras garrafais e esfregado na fuça da Dilma.

O PT atira ovos nos seus adversários, a gente deve divulgar ao máximo. Vou repassar.

Ari disse...

Boa. É Serra na boneca.

Ari disse...

Saramar, você também percebe, como eu, que as engrenagens estão com um giro excêntrico?
Tem peças que não estão se encaixando, ora rodando no vazio, ou produzindo atritos, ou mesmo aproximando-se de um travamento ou de uma pane geral.
Algo traumático pela frente talvez seja inevitável. E principalmente nessa hipótese, embora não necessariamente, seria de muito bom alvitre que outra "máquina" já estivesse devidamente aprestada, para entrar imediatamente em ação e reduzir ao mínimo a oportunidade de uma reação em cadeia degenerativa.
Precisamos de um projeto mobilizador, capaz de canalizar as energias construtivas e de acolher e transformar as de potencial destrutivo. Um projeto que possa ser de todos os que tiverem autonomia para decidirem por si.

Leidy disse...

Assino em baixo.
Vc falou tudo que estava me fazendo mal em ficar calada,
.
Parabéns amiga.
Conte comigo.
Boa sorte.
Bjs
Leidy Santos.