NÃO À DISCRIMINAÇÃO RACIAL


Edna Ezequiel, mãe de Alana,
a menina de 12 anos, assassinada no RJ.
Foto de Marcos Tristão



BRASIL, ESTA É A SUA CARA.

É PRETA, É CARA DE DOR.

SUA CARA LAVADA DE LÁGRIMAS.

SUA CARA, DA QUAL RIEM,

COM MOFA OU DESPREZO.

ESSA CARA DE DESESPERO

É A NEGRA CARA

DO POVO BRASILEIRO,

FILHO DE NEGRO,

FILHO DE ÍNDIO,

FILHO DE BRANCO,

SERVO DE CRUEL SENHOR.

BRASIL, SUA CARA É DE DOR

QUE INDEPENDE DA COR.

NA HORA DE MORRER ASSASSINADO,

NA HORA DE MORRER DE FOME,

NA HORA DE MORRER NA RUA

NA HORA DE MORRER POR DESCUIDO

A COR NÃO INTERESSA,

MORREMOS TODOS SEMPRE,

INDEPENDENTE DA COR.



Blogagem coletiva coordenada pelo jornalista Lino Resende, contra a discriminação racial.

39 comentários:

Cris Penaforte disse...

Saramar querida...antes quero parabenizá-la por esse blog, tudo de bom! Parabéns! Seu post está belíssimo, vc não tem ideía do qto a tristeza dessa mãe me chocou, me marcou...triste demais...Post magnífico!
Voiu linkar esse blog tb, p/ aparecer aqui c/ mais frequência e rapidez...
Bjão querida e obrigado pela visita! Bjão carinhoso, Crisssss...

Poliane disse...

Nossa... eu adorei!!
Mas uma para a minha lista de recomendações!!

Como vc disse é negra a situação do Brasil!!

Outra coisa... amei o nome do seu blog!! hehehe... Eu sempre usei esse termo: escrevinhar, escrevinhações...

Suzy Tude disse...

Saramar, gostei do 'approach'! Esse tal preconceito é pura ignorância de quem o nutre.
Como disse o Jorge Sobesta, não existe um conceito de raça. E o desgoverno ainda se aproveita e acirra a discriminação porque é dividindo que melhor assalta.
Beijo

DO disse...

Muito oportuna a blogagem sugerida pelo LINO,SARAMAR.
Mais do que o preconceito e a discriminação,a hipocrisia tbem tem que ser combatida.
Beijo grande!

Cejunior disse...

Saramar, esta imagem impressionante é a cara da desesperança dos brasileiros. O que dizer para essa mãe ? Pedir perdão ? Porque tanto preconceito, tanto ódio, tanto desprezo à vida ? Vamos virar feras irracionais ?
Tomara que um dia acordemos desse nosso pesadêlo...
Um beijo.

cilene disse...

so vc poderia fazer um post assim...poetico e realista...parabens

cilene disse...

so vc poderia fazer um post tao lindo, tao poetico e tao realista

Ricardo Rayol disse...

Saramita, que força, que intensidade, pegou de jeito e torceu... ficou demais.. realamente vc tem uma habilidade com palavras estupenda..

Patty disse...

Saramar
Olhar os olhos triste dela, imaginar a dor..Tudo tão triste!
A cor é o que menos importa pq somos todos musculos e visceras, pena mesmo que nem todos tem coração. O preconceito é uma ferida aberta na nossa sociedade.
Um beijo querida!

Jens disse...

Saramar:
Bela e dolorida a tua manifestação indignada. Parabéns pelo blog.
Um abraço.

Mom kakau disse...

Oi Samarar!
Adorei a sua visitinha e vim retribui la... adorei a sua postagem. Amanha vou agendar os amigos novos que fiz posso te colocar em minha agenda e como nao vi seu link posso colocar a sua foto ou usar o fundo de seu blog?
Assim posso tela linkada e vir sempre aqui te visitar e se gostou pode levar o meu link... esta no menu link-me. Bem tenha uma otima tarde.
Kiss + kiss até breve.

Milk disse...

Ola

BLOGAGEM COLETIVA...

Se todos fizerem sua parte o nosso futuro promete...

Parabens e obrigada pelo apoio!!!

Beijocas
Aline e Baby

Olhos de Mel disse...

Saramar, profundo esse seu protesto! Lindo! Fiquei emocionada.
Obrigada pela passagem em nosso bloguinho.
Bjs.

Mélica disse...

Gostei muito do teu post! Sabe, eu acredito que o preconceito maior está além da cor, está na cabeca de cada um.. é esse "pré-conceito" que devemos vencer!!!
Beijos..
Que tenhas um ótimo dia!;)

Lulu on the sky disse...

É Saramar...

Tenho orgulho de ter amigos negros. Valem muito mais q do que alguns brancos q eu conheço.
Big Beijos

Fábio Max disse...

Se a filha dessa senhora fosse loira e de olhos azuis, tivesse saído em alguma capa de revista bacana, escrita por imbecis para ser lida por idiota, a polícia estaria em polvorosa tentando resolver o caso.

Mas ela é negra e pobre e, pior de tudo, brasileira.

E o Brasil é o mais mais preconceituoso do mundo, porque, aqui, existem os cidadãos que servem para pagar impostos para os cidadãos plus, aqueles que usam do termo "sabe com quem tá falando?" e que se comprazem de cargos políticos e de sua posição de celebridades, para se aproveitar de nossas imensas desigualdades sociais e raciais .

E dentro dessas desigualdades, temos um sistema político que exclui cidadãos de seus direitos.

Uma tristeza... sem previsão de melhora!

Leonardo disse...

Pois é, a cara do Brasil já não é mais a do operário que virou presidente, mas do povo que ele deixou para trás. Parabéns pela iniciativa Saramar.

ROÇA COISA É OUTRA LIMPA disse...

Beleza Saramar!
Agora, se morre-se de nojo, acho que estou nas últimas...

tunico disse...

Muito bom, Saramar. Como sempre, um post de bom gosto e incisivo.

Discriminação é a pior manifestação de desapreço entre seres humanos. Tirando a discriminação por petistas, é claro.

Marcos disse...

Se somos iguais na morte, por que não sermos em vida, né? Tão fácil...

Renata disse...

Olá amiga Saramar! Nós duas sempre nos esbarrando nos blogs amigos, né.. rs..rs...
Nào sei se já te disse isso, mas a forma que vc escreve passa perfeitamente a força dos seus sentimentos, da sua indignação...muito bacana isso! Quanto ao tema da nossa blogagem de hoje, poxa, como eu queria não ter que falar mais nisso...triste não? Como a foto desta mulher...
bjos! Obrigada pela visita e seja sempre muito bemvinda!

Rose disse...

Gostaria de saber quando usaremos a inteligência recebida para melhorar a vida das pessoas.
Este é o Brasil que piora a cada dia e não vejo luz no fundo de nada.
Tenho pena deste povo que ainda percorre o caminho para o extremo errado do pêndulo.
Meus aplausos pela iniciativa.

abraços
rose

Regina disse...

Saramar,

Excelente o seu post. Muito poderosa aquela foto em combinacao com o seu poema.

Gostei do seu blog. Voltarei mais vezes. Voce aborda topicos dificieis e escreve muito bem.

Obrigada pela visita ao meu blog.

Bj.

Regina

Loba disse...

Chegando em blog novo e em dia de protesto! Fico muito feliz em te saber tb na luta, viu?
O post está belissimo: imagem forte e texto que deveria virar cartaz!!! É isso mesmo: esta é a nossa cara, a cara de um país que deveria orgulhar-se de sua diversidade de cor, raça e credo!
Um beijo, querida. e Parabéns pelo post.

Vivi disse...

Tocante essas palavras...

Obrigada por ter vindoao meu blog e pelos elogios, eu tento ser o melhor ser humano que posso, sei q não sou perfeita e nem quero ser, mas tento fazer o meu melhor.

Um super bjão

Lucia disse...

Oi Saramar!!
Obrigada pela visita ao meu blog e saiba que estou encantada com o seu recanto tbm.
Muita dor no olhar dessa mae, que lástima.
O tema racismo é mesmo polêmico e chocante quando ouvimos as histórias que cada "vitima" pode contar.
Voltarei para ler com calma seu blog que me parece muito interessante e com temas atuais, PARABÉNS!
Bjuss

Manoel Carlos disse...

Muito triste...

Lino disse...

Sim, nossa cara é preta, coberta de lágrimas e cheia de dor. E todos estamos juntos. Então, discriminar é, antes de qualquer coisa, burrice.
Obrigado pela sua participação.

katia disse...

Grata por sua generosidade com meu singelo texto. Você arrasou com o seu. A foto foi muito adequada para a ocasião. Parabéns. Bjus

Sam disse...

Essa imagem circulou por uma semana na internet e foi um tapa na cara de quem fecha os olhos pra o q acontece no mundo.
Vc tem razão...independente de cor, classe social, preferência sexual...no final todos seremos iguais, quer queira, quer não.
Obrigada pela visita ao meu blog :)
Te linkei e vou passar sempre por aqui.
Beijo

Ceci disse...

Saramar, parabéns pelo texto! Esta cara do Brasil que não se quer ver precisa ser mostrada aos quatro cantos. Um abraço grande.

Rafael disse...

Oi Saramar!

Assim como tu acredito que a educação seja uma das saídas para o fim do preconceito e de muitos outros males. A humanidade precisa urgentemente rever seus conceitos e fazer diferente, passar adiante nas gerações que se encontram no presente, o exemplo de uma reforma.

Na hora da partida, como está no teu texto, acabamos todos indo, sem haver diferença na cor. Nascer, morrer, viver, todos somos homens, advindos de um mesmo princípio.

Um grande abraço pra você e muito obrigado pelo comentário no meu blog!

PELADUZ disse...

Fernando,

Até tu Collor?

Dani disse...

Oi Saramar!!!
Nossa, mto lindo seu post!!! Mais um dos q adorei, foram tantos!!! Tantos jeitos diferentes q cada um usou pra falar sobre esse tema!!!
Adorei o blog, achei um tapa na cara o texto do Tico Santa Cruz!! Nao tinha visto ainda@!!!
Beijos, Dani

ediney disse...

perfeito

Jorge Sobesta disse...

Saramar,

Como sempre, brilhante!

Grande abraço e bom final de semana.

PS: Fiquei sabendo que o pessoal de Goiânia e muito parecido com o de Belo Horizonte, daí o nosso gosto pelas ampolas de cerveja.

clarice disse...

Brasil, mostra tua cara... (Cazuza e nós, em coro...)
Pois é 'Sara'mar (nome de minha mãe+mar que venero), mostrar a cara a tapa muitas vezes acontece só na defesa e pouco na atitude. E o retrato que desenhaste aqui é o desabafo da verdade. Falar verdades é mais fácil que atuá-las... 'Negociamos' nossos propósitos cotidianamente. Questionar nossa parcela de responsabilidade já é mais difícil. E, para mim, aí está o ponto de partida.
Carinhos pra ti

o alquimista disse...

Nasceu a manhã
Agita-se a ilha
Tanta emoção
Chegou mais um dia

Quatro palmos de terra
Cobrem estes rochedos
Sete ventos de encanto
Guardam mil segredos

Tantas são as histórias
De lendas, de aventura
Em noites de temporal
Contadas por gente pura

Gente de poucas palavras
Mas de muita convicção
Que vive cada momento
Com sincera emoção

E é com este poema que retomo o contacto após alguns dias cheio de problemas no computador…

Bom fim de semana
Doce beijo

david santos disse...

Olá!
Que repugnante haver pessoas tão (animaladas). Claro que quem não reconhece nem valoriza a diferença, não é humano. É, em meu entender, (animalado).
Parabéns e bom fim-de semana.