O MAL QUE NOS RONDA

A América Latina parece ter sido destinada a ser pasto das bestas do atraso por algum malévolo deus .

A moda aqui é investir no fracasso. Não no fracasso presumido, mas naquele já provado, principalmente pelo sofrimento, pela privação, pelas milhões de mortes que, friamente, provocou. Na América Latina, o charme é homenagear Guevara, um dos assassinos comunistas, medíocre diante de seus inspiradores, convém reconhecer.

Se as manifestações do atraso ficassem apenas nessa bobagem, poderíamos descansar e rir. Porém, os demônios do esquerdismo estão soltos. E eles são maus, muito maus. Basta olhar para o louco que está aterrorizando a Venezuela para perceber a maldade que pode nos tornar todos vítimas, não só aquele pobre país, mas toda a América Latina que ele pretende dominar.

Há muito, Chavez deixou de ser um caricato tiranete latino americano pois não se contenta em levar para o abismo, apenas o seu país. Depois de usar o dinheiro do petróleo para comprar o apoio interno (onde já vimos essa história?) e à custa de muito assistencialismo impossível de manter, mesmo para países ricos, o louco da Venezuela pretende mais, muito mais. Quer ser o "pai" da América Latina.

Eu, que nada entendo dessas conjuminações (geralmente obscenas) que misturam economia e política e só as enxergo quando alguém desenha, fico imaginando como pode ser possível que políticos sensatos (ainda deve existir alguns exemplares no mundo) assistam calados e quietos à construção do monstro que os irá devorar e a nós, os seus representados.

A dúvida é retórica porque hoje, a América Latina está praticamente dominada pela esquerda mais vulgar e arrivista, semelhante àquela que elevou os dois maiores assassinos da história, Stálin e Mao, ao status de divindade. Viva o mais novo deus vermelho e morram os que forem necessários para que seus súditos continuem se beneficiando do que não lhes pertence.

Triste é saber que os ditos esquerdistas ficam cada vez mais ricos às custas do erário, lá, como aqui. Mais triste é ver que o pobre que fingem defender, é quem os aplaude e os elege, ignorantes das desgraças todas que estão bem ali guardadas.

Como diria Belchior, o pior "é perceber (...) que ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais". Eles acreditaram na esquerda. Nós estamos sofrendo as consequências dessa crença.

13 comentários:

shirlei horta disse...

Lamentar o passado - olhado sob o prisma do presente - não nos leva a lugar algum. A gente precisa é mudar o que está aí e que é podre, seria considerado podre no passado, será sempre condenado como podre no futuro. Bandido é bandido, não tem adjetivo que salve.

pianomanga disse...

Oi Saramar bom dia, obrigado pela visita e comentário.Saramar eu sem nemhuma modestia me considero um ho
mem de bom coração,um exemplo disso
é o fato de eu ñ conseguir ver um cão abandonado,com fome e sêde sem tentar fazer algo para amenizar o seu infortúnio,assim como eu exis-tem milhares e milhões.Então porque
cargas d'agua o bom DEUS deixa que vermes como os deles e os nossos so
brevivam após nascerem,sómente para
viverem sugando a vida daqueles que
eles mesmos os tornaram excluidos?
Gostaria de entender.Bjão pra vc.

alexandre, the great disse...

Saramar.
Nunca fui "de esquerda", nunca usei camiseta com a figura estampada, sobrevivi a patrulha ideológica dos anos 67 e 68 dos grêmios estudantis, mas nem por isso deixo de lutar contra o atual estado de coisas.
A História nos faz entender, através da repetição de fenômenos cíclicos, o que vivenciamos; mas a transformação só virá após o fechamento do ciclo, ou seja, um inevitável derramamento de sangue.


Alexandre, The Great

DO disse...

Muitas palmas pra vc,SARAMAR.
Como sempre vc fala coisas que eu não ando com muita "coragem " de abordar.
Adorei a frase sobre o talzinho Guevara.
Enoja-me ver como enaltecem o patife.

Beijos!!

Stella disse...

minha cara parece que a américa latina está mesmo fadada a ter como governantes esses vermes, e o que impressiona é que está cada vez mais difícil exterminá-los

David disse...

Sara, ligue o foda-se. Se quiser te vendo um.

Star disse...

Saramar
Aquele que quer subjulgar o outro é o maior escravo de si mesmo. Tá sempre maquinando, acha que só ele sabe o que é melhor para o outro, engana a si mesmo e ao mundo para não ter que encarar sua mediocridade. Esse é o demônio, não vive em paz e não deixa niguém ter paz.


Bom fim de semana
beijo

Bichodeconta disse...

Assim vai o mundo, medonho, fastidioso para uns, não tanto para outros.. um bom fim de semana, essa preocupação devia ser conjunta, independentemente das pessoas serem de esquerda ou de direita... Um abraço, ell

Suzy disse...

Saramar, a esquerda é bandida, sempre foi sempre será. Ideologia que busca a falta de liberdade sem esclarecer suas verdadeiras intenções merece é o "microondas"....
O Alexandre (The Great) está certíssimo.
Um abraço

tita coelho disse...

Manda a merda......as vezes funciona!!!
beijos e bom final de semana!!

Ricardo Rayol disse...

existe um velho ditado austro-hungaro-tibetano que diz que quem come quieto come mais vezes. esse sujeito vai morrer pela lingua.

Santa disse...

Precisamos mudar isso, certo?.
Bjs

maguetas disse...

O cancer só tem cura se for descoberto à tempo ele esta la,cade o médico ? maguetas bom dia Saramar