DILMA+ DENISE+ROBERTO+ VARIG= VERGONHA (ou a falta dela)


“Marco Antônio Audi, um dos brasileiros que compraram a Varig, confirmou as informações dadas ao jornal ‘O Estado de S. Paulo’ de que a interferência de Roberto Teixeira [o primeiro-compadre] foi 100% decisiva para a conclusão do negócio. E disse ainda: ‘Olha, eu conheço duas pessoas que fazem chover: Deus e Roberto Teixeira. Então, é para ter receio mesmo’. Indagado se Teixeira abre portas, Audi respondeu: ‘ele escancara portas’. E completou, ‘ele tem muito poder, até demais”. (G1)

Veja também
aqui (em matéria adestradamente atenuada) a atuação de Roberto Teixeira

Dilma Roussef apressadamente afirmou que são falsas as denúncias da ex-diretora da Anac, Denise Abreu, em relação ao favorecimento de um fundo estrangeiro no processo de compra da Varig.

A entrevista revela fatos graves que, se verdadeiros, revelam pelo menos o desrespeito ao princípio da impessoalidade (que mais parece piada, neste governo) e demonstram o nível da desonestidade intrínseca dos atuais governantes. Há até codinome! Quem precisa de codinome, senão alguém cujas ações precisam ser escondidas? O governo que precisa esconder suas ações sob disfarces não pode ser confiável.

Aliás, por falar em confiabilidade, depois da cpi dos cartões e desta nova denúncia, para onde irá o grau de investimento conferido ao país por duas agências estrangeiras? O que os brasileiros já sabem é que, com um governo desse nível, não há investidor que se arrisque a acreditar na seriedade dos negócios aqui neste pobre país. Não quando integrantes da cúpula interferem na mecânica do mercado para favorecer ilegalmente um dos concorrentes.

O governo (?) também, como fautor da política honesta, sempre recheada de vítimas inocentes, por meio do dragão da companheirada, Ideli Salvati já declarou que tal denúncia constitui uma manobra da oposição (?) para desqualificar a ministra, também conhecida como mamãe-pac.

Fica muito difícil acreditar em qualquer um desses dois personagens.

Dilma mentiu na corporativa ação entre amigos, digo, na cpi do cartão corporativo pelo menos duas vezes: sobre as realizações do pac e sobre o dossiê. Isto depois de ter afirmado que mentiu sobre tortura e ter feito a apologia da mentira para salvar vida de companheiros. Como acreditar nela?

O governo (?) mente sistematicamente, é fato. Principalmente para defender companheiros aloprados. Como acreditar nele? Ideli já se manifestou. Romero Jucá (em nome da base) se apressou também em afirmar que não há nada, está tudo perfeito no mais perfeito dos mundos e, portanto, já age nos désvãos do mercado, digo do congresso para impedir a convocação de Denise Abreu. Nelson Jobim fugiu da raia em relação à responsabilidade do seu ministério, expressa em lei, de investigar irregularidades na Anac. Esses três fatos, geralmente, são indicadores de que a coisa é muito mais feia do que imaginamos.

É preciso também lembrar que à época da falência da Varig, havia alguém dono da Casa Civil e não era a Dilma, muito interessado em trazer outra companhia áerea para o país. Como se vê, sai um, entra outro, companheiro é companheiro e tem gosto por uma corrupçãozinha que, neste caso, se for verdade, é enorme.

De todas essas tragédias, o que sobra é a vergonha que os cidadãos sentem diante da ausência de caráter dos seus líderes. A mesma vergonha que, na equação que deveria existir entre cidadão e governo, falta do outro lado.

8 comentários:

paschoal disse...

Apesar da gravidade dos atos cometidos e expostos pela imprensa a verdade é que nadica de nada irá acontecer.
Está tudo dominado e não há um salvador da Pátria de plantão.
O que deveria ser oposição, não passa de uma piada, estão todos no bolso do colete do presiMente.
Qualquer movimento suspeito que possa vir a contrariar os interesses dos comunistas no poder, será imediatamente rechaçado com o corte de verbas públicas e dos mensalões.
Saibam que, em 48 horas nada disso será mais veiculado pela imprensa. É aguardar para confirmar, lamentavelmente!!!
Cumpre salientar que nenhum dos políticos que estão no poder teve o meu voto, nenhum, certo? Mas sou obrigado a engolí-los!!!

Anônimo disse...

Bom dia Saramar .. vivemos nesse momento uma crise moral muito séria nesse Pais .. .. a falta de moral dos nossos dirigentes faz com que se vendam por muito pouco .. enquanto banqueiros e grandes empresários se banqueteiam .. os CÃES rodam a mesa farta a cata de migalhas .. a situação é deprimente pra não dizer asquerosa .. mas continuo afirmando, que a solução pra tudo isso que ai esta, somos nos .. pois enquanto permitirmos esse estado de coisas nada vai mudar .. um beijo grande meu .. guto leite.
www.chutandoobardi.blogger.com.br

Ricardo Rayol disse...

a coerência psicodélica e alucinógena é real. Nunca se viu nessepaiz tanta varreção de sujeitra pra baixo do tapete.

Ronald disse...

O que mais me intriga é a Denise soltar o verbo só agora, ela deveria ter revelado a operação quando ela ocorria mas, como fazia parte da folha de pagamento...

Bjs querida

DO disse...

Ando tão descrente que nada me surpreende mais,SARAMAR. É uma sujeira total. E ainda temos uma "oposição" que tem telhado de vidro e sabe que é melhor não mexer muito nesta casa de marimbondos.
Beijos!

posturaativa disse...

Está cada vez pior agüentar esses contínuos escândalos, fico imaginando como estará o país em 2010, esta letargia popular me assombra

Ferra Mula disse...

Eles sabem que isso aí não vai dar em nada, se a coisa ameaçar apertar, libera-se uns trocados aqui e ali, e vai até a CSS no PACote. Essa letargia pode estar prestes a acabar, comparo a situação hj como catapora,enquanto está vermelha nada acontece, quando começa a secar e coçar aí o bicho pega.
Lembram-se de que o Lulla se negou a ajudar a Varig? E agora barbudo esclareça mais essa tramóia aí.
Um abraço do Airton

CAntonio disse...

Saramar,

Eu tenho certeza, você também e o povo todo, deste covil chamado brazil,tem a absoluta certeza que nada, absolutamente nada acontecerá.

Por quê?

Porque estamos dominados e não há esperança em resolver as coisas da forma elegante e educada.

Querendo ou não a hora é de ação.

...sem o derramamento de sangue não há remissão de pecados. (Lev.17:11)

GrandAbraço, bjusmil