O CINISMO NO AR... VIAJANDO


Viaje, Fabio Faria, viaje. Nós pagamos. Leve a "companheira", a sogra e algum cachorrinho de estimação. Leve os vestidinhos da namorada. Nós pagamos. Afinal, ela é companheira e nós, os cidadãos brasileiros, sem direito à segurança, à saúde, e à educação, pagamos tudo para os companheiros.

Nós, os cidadãos extorquidos por meio de impostos indecentes, já estamos adestrados, domados para abrir o bolso e pagar as passagens de todo tipo de companheiros sempre que estes viajam "no exercício do mandato". Não vê a Marisa Letícia? Pagamos suas viagens todas as vezes em que ela sai para exercitar o mandato.

A mãe da celebridade, a Sra. Galisteu, não deve se preocupar. Estamos acostumados a pagar viagens para as sogras também. Você deve se lembrar do caso daquele governador Cid Gomes. Afinal, o povo brasileiro sabe que tudo é família e que deve sempre admirar alguém que cuida tão bem da família. Se for com dinheiro público, o que tem isso de errado? Somos treinados para pagar.

Porém deputado, o que não se pode negar é a inclusão da linda companheira na confraria do eu-não-sei-de-nada, gloriosamente presidida por Luiz Inácio Lula da Silva.

Você também, deputado Fabio Faria, provavelmente integra a confraria e, juntamente com todos os "companheiros" beneficiados pelas viagens custeadas com dinheiro dos impostos pagos pelos cidadãos, não deve saber que existe uma lei que regulamenta as punições para "os atos de improbidade praticados por qualquer agente público, servidor ou não, contra a administração", na qual este abuso se insere perfeitamente.

Infelizmente, sabemos muito bem que ninguém será punido, muito menos você, deputado-namorado-genro-benfeitor que usa dinheiro alheio para incrementar romances e o próprio bolso.

Vocês da confraria não sabem, por exemplo, que aqui no meu estado, em uma cidade chamada Porangatu, mais de 50 crianças só tiveram 15 (quinze) dias de aula neste ano porque moram na zona rural e não existe um ônibus para levá-las à escola. Vocês não sabem também que milhares de pessoas estão na fila daquele programa do Gugu Luberato chamado "de volta pra casa" (ou algo assim) porque não têm dinheiro suficiente para levá-las de São Paulo a suas cidades de origem, inclusive no interior do Rio Grande do Norte, representado (?) na casa de horrores por você, apaixonado e finório Fabio Faria.

Nós, os brasileiros, como não pertencemos à confraria, sabemos (e pagamos). Hoje, por exemplo, vimos como viajam os trabalhadores nos trens do Rio, não sem antes, ser chicoteados por agentes de segurança.

Viaje, deputado. Nós, os palhaços, pagamos. Afinal, você deve ser um inválido que, para viver, precisa não só dos votos, mas também do dinheiro dos cidadãos.

16 comentários:

Fábio Mayer disse...

Fôsse o Brasil um país sério, este deputado seria cassado por quebra de decôro.

Mas no Congresso, toda corrupção é tolerada.

paschoal disse...

Fosse na antiga meu caro Fábio esse deputado seria executado em praça pública e o custo da bala perdida seria debitado à família. Os tempos mudaram, a corrupção se aperfeiçoou e a maior escola de ladrões do mundo, sem dúvida é o planalto central!
Saramar amiga, trata-se de um iceberg com mais de um milhão de pontinhas, essa desse tal de FF, é apenas uma delas. A podridão é muito maior e mais profunda do que nossa inocente imaginação possa compreender!
O lulla já disse e ninguém deu bola, "voceis si fú"

DO disse...

Já perderam a vergonha,SARAMAR. Este país precisava era de um choque bem serio.
Beijos!

IVANCEZAR disse...

Querida :

O duro - o mais difícil - é saber que a massa ( a maioria inerte ) acita naturalmente isso tudo. Somos uma minoria atordoada ....

Bill Falcão disse...

Tão emprestando grana até pro FMI!Uma viagenzinha a mais...
Bjoooooooo!!!!!!!!

Clausewitz disse...

Bom dia, amiga. Passe lá no Blog do Clausewitz, pois tem um merecido prêmio lá para o seu Blog. Abração

Patrick Gleber disse...

Saramar, estou de volta depois de muito tempo.

Estamos na ativa novamente

Ronald disse...

E pode ter certeza que tem gente que vota nele ainda. Vamos fazer o que?

Beijão

A Sentinela disse...

Em defesa de Gabeira.

Estamos crucificando alguns bons parlamentares por alguns
pequenos erros, que eram comum a quase todos por ali.
A gestão Lulla/PT conseguiu o inimaginável, agora o congresso
se suja por migalhas, todos nivelados por baixo,enquanto os
figurões vão de GameCorp para cima, enriquecendo de uma
hora para outra, e posando de honestos...
Que país é este?????

Joe_Brazuca disse...

...como bem disse o Ivan Cezar, como é difícil suportar a sanha contra o povo brasileiro, sofrido, aviltado, vilependiado, abstraido de absolutamente tudo, desde o básico até o mínimo do mínimo, desse calhoradas truculentos infãmes todos, que merecem nada mais que nosso despreso,nossa revolta e rebeldia...
Como tb ja disseram acima, um fuzilamento em praça televisionada no horário nobre, TALVEZ começasse a surtir algum efeito !

um abraço...excelente protesto e alerta a esta situação calamitosa em que estamos boquiabertos...

Joe

luzdeluma disse...

Ficarão sem as passagens, mas os salários aumentarão. Isto tudo é teatro para iludir o povo! Beijus

Tina disse...

Oi Saramar!

Isso tudo é tão fora de propósito e ao mesmo tempo "realidade"... triste.


beijos querida, saudade de ti.

Mario disse...

Existem tantas coisas óbvias que os políticos desconhecem... Meu pai é da opinião de que político não lê jornal, não ouve rádio nem assiste tv...rs

Star disse...

Pior Saramar é que os assaltos não param por aí, eles se candidataram "pra se dar bem" e tudo fazem pra ficarem cada vez melhor.
Esse é o nível do povo no poder. E o eleitor os elege por que se sente igual a eles. Deve ser mesmo.

Beijo

posturaativa disse...

Pior que me breve toda essa celeuma cai no esquecimento, eles encontrarão outra forma de usar e aumentar as verbas, e nós continuaremos a pagar.

Sonia Regly disse...

Esse país é um grande circo e nós os palhaços.Excelente texto!!!ADOREI!!!!!!
O Compartilhando as Letras está em novo enderço, agora somos:
www.compartilhandoasletras.com
Gostaria que c atualizasse para receber as atualizações.
Beijão