PLANO, GOLPE OU MAIS UM PAC?

A divulgação do tal decreto dos direitos humanos teve a vantagem de, finalmente, trazer à tona a verdadeira face do lulismo e dos seus vassalos, os petistas. É um texto didático, por mostrar claramente como a esquerda latino americana, por meio de eufemismos e falácias, persiste no caminho da perversão totalitária, na subversão das normas constitucionalmente instituídas e no desprezo à vontade dos cidadãos que repudiam qualquer forma de ditadura.

Ademais, o tal “plano” consegue confirmar a teoria dos militares que acreditam no objetivo da esquerda de instituir uma ditadura comunista no Brasil. Será que os integrantes da esquerda, que falharam no mundo inteiro e em toda a sua história como chefes de governo, não desistem nunca? Ninguém os quer, ninguém quer o comunismo, só eles. E só querem para proveito próprio, porque a esquerda jamais se preocupou com insignificâncias como os indivíduos, a liberdade, a propriedade como fruto do trabalho.

Sobre o “Plano Nacional dos Direitos Humanos”, Luiz Inácio afirmou nada saber, como sempre faz nas circunstâncias constrangedoras que podem esfacelar sua frágil imagem. Afinal, ele não quer que os basbaques internacionais compreendam que, por trás da máscara de líder moderno, existe um ideólogo do atraso, da violência e da ruptura constitucional, que caracterizam a esquerda em qualquer lugar onde se instale.

No entanto, parece ser impossível que o líder, o pai da pátria, o condutor do mundo não tenha conhecimento de tal programa cujos objetivos se resumem na instituição de um governo à parte daquele regulado pela constituição, inclusive retirando poderes do congresso nacional, eleito pelo povo (condição que os lulistas adoram defender desde que seja nos países dos outros).

Depois que alguns ministros integrantes do governo (?) de Luiz Inácio criticaram o tal plano, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, afirmou que todos os ministérios participaram de sua elaboração. Ora, como um projeto desta relevância, com todos os ministérios participando, não chegou ao conhecimento do presidente da república? Há afirmações que até engolimos, por um tanto de dúvida, mas há outras impossíveis até de sentir o sabor. Seremos todos tão imbecis ou será ele, o líder, tão cínico?

O que a minha ignorância ainda não me permitiu entender foi porque os maiores representantes do lulismo, como Dirceu, Dilma, este Vanucchi, et caterva, divulgaram justamente agora o famigerado plano. Será um reconhecimento de que o lulismo já reconheceu a derrota eleitoral da mãe-do-pac e madrasta-do-apagão e antecipam um golpe de estado disfarçado de legislação, tal qual fez Chávez na pobre Venezuela?

De qualquer forma, o governo (?) lulista nunca conseguiu criar nenhum programa que contemple os interesses de todos os brasileiros; um dos seus instrumentos de governo (?), é a divisão. Este novo plano não é diferente e não passa de compilação da última conferência dos direitos humanos, cujas resoluções se caracterizam pelo absoluto desprezo às leis do país. Provavelmente, este tal “plano nacional dos direitos humanos” será como o pac: irreal, mal feito, eivado de irregularidades e fracassado.

Como diz aquela musiquinha: “depende de nós”.

7 comentários:

tunico:uma pessoa comum,branco de olhos azuis disse...

Saramar, amiga. Feliz 2010. Este ano será de novo mais uma guerra no campo político. Estivemos juntos na luta em 2006 e estaremos de novo.

Todos temos sonhos e esse ano trabalharemos ainda mais para que se concretizem.

Deus ter abençoe!

paschoal disse...

Saramar amiga, dias negros nos aguardam porque ainda há muita carne e os petralhas não vão largar o osso custe o que custar.
Elles estão certos da vitória da "cumpanhera estela ou wanda ou luiza"
e o apedeuta já prometeu em palanque aumentar o número de bolsistas dependentes ainda agora neste começo de ano, num tom ameaçador.
Espero que consigamos transformar os 16% dos quais fazemos parte em algo perto de 30% para termos chance de defenestrar essa corja do poder.
Desgraças à parte quero que você tenha um novo ano repleto de dias felizes junto daqueles a quem você ama!

Anônimo disse...

TODAS AS PESSOAS MORTAS POR TERRORISTAS DE ESQUERDA 1 – OS 19 ASSASSINADOS ANTES DO AI-5

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/todas-as-pessoas-mortas-por-terroristas-de-esquerda-1-%e2%80%93-os-19-assassinados-antes-do-ai-5/

TODAS AS PESSOAS MORTAS POR TERRORISTAS DE ESQUERDA 2 – MUITAS DE SUAS VÍTIMAS ERAM PESSOAS COMUNS: SÓ TIVERAM A MÁ SORTE DE CRUZAR COM ESQUERDISTA

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/todas-as-pessoas-mortas-por-terroristas-de-esquerda-2-%e2%80%93-muitas-de-suas-vitimas-eram-pessoas-comuns-so-tiveram-a-ma-sorte-de-cruzar-com-esquerdista/

Armando

Ronald disse...

Aquilo que é de interesse geral da nação, como a reforma política, previdênciária e, principalmente a reforma fiscal, nadinha pois interessa à todos.

Só vale aquilo que interessa à eles próprios. É prá cabá...

Feliz 2010 Saramar...

posturaativa disse...

Estão impondo de forma autoritária um remendo constitucional, um perigo para a democracia brasileira.

querida Sara,
um feliz novo ano
beijos
Stella

Thomaz Magalhães disse...

Trata-se, esse plano dos "direitos humanos", de um tratado bolchevista de terceira idade, que felizmente está sob a gestão da Dilma Vânia Roussef. Tem a cara dela e assim continuará, sob o paradigma da "transversalidade" que sugere para o estado de direito. Basicamente serve para excitar o soviet que está aboletado no governo da República.

Anônimo disse...

Não é melhor vcs excluirem o blog, percebem agora o papel patético que fazem?
O Banco Central comprou US$ 783 milhões no mercado de dólar à vista em janeiro até o dia 8, o que elevou o montante das reservas internacionais para US$ 241,3 bilhões. Foi a primeira vez na história do país que as reservas ultrapassaram o patamar de US$ 240 bilhões.
Nunca antes neste país....